Notícias Gerais



FESTA DAS VINDIMAS 2017 EM MONTMARTRE, PARIS, 12 a 15 de outubro

A região do Tâmega e Sousa estará representada na Fête des Vendanges, que decorre em Paris, um evento dedicado à vinha, aos vinhos e às suas tradições!
Esta é mais uma ação de marketing territorial prevista no âmbito do projeto "Tâmega e Sousa Internacionaliza", apoiado pelo Sistema de Apoio às Ações
Coletivas do NORTE 2020, e tem por finalidade a criação de condições favoráveis à internacionalização das empresas e ao aumento de visibilidade deste território.
Este projeto resulta de uma parceria estabelecida entre a Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, a Dolmen, o Conselho Empresarial do Tâmega e Sousa, a Adersousa e a Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras do Instituto Politécnico do Porto.
(10.outubro.2017)


AGROSEMANA 2017, BOLSA NACIONAL DE TERRAS PRESENTE, DE 31.AGO A 02.SET

A Bolsa Nacional de terras marca presença na edição de 2017 da Agrosemana que decorre entre 31 de agosto e 2 de setembro.
Para melhor informação podem consultar o Programa Completo do conjunto de Workshops e Palestras que terão lugar e que no âmbito da Bolsa Nacional de terras se encontram agendados para o dia 31/08/2017 - 16h30 e 02/09/2017 - 17h00.
(30.agosto.2017)


DOURO VERDE | SABORES & SABERES

No âmbito do projeto “Territórios de Baixa Densidade – Low Density High Quality”, apoiado pelo NORTE 2020, a Dolmen, em parceria com os Municípios de Baião, Cinfães e Resende, promove entre os dias 30 de junho e 02 de julho no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, o “Douro Verde | Sabores & Saberes”, evento de promoção e marketing direcionado a territórios de baixa densidade.
A inauguração oficial está agendada para o dia 30 de junho às 17 horas, prolongando-se pelo fim de semana, com uma programação diversa, onde serão promovidos os produtos locais, a gastronomia & vinhos, o Património & Cultura, o Turismo de Natureza o Alojamento Turístico, entre outros.
Seria para nós uma enorme honra poder contar com a visita de V. Exas., durante o próximo fim de semana, em que o Douro Verde se promove na Cidade do Porto.
(26.junho.2017)


SESSÃO DE APRESENTAÇÃO DO PROJETO CONJUNTO FORMAÇÃO AÇÃO “QUALIFICAR PME’S DOURO VERDE”

A DOLMEN irá promover a apresentação de novo projeto direcionado para o Apoio às Empresas, a qual terá lugar no Espaço Douro & Tâmega, em Amarante, dia 10 de maio, pelas 18h.
Com este Projeto do COMPETE 2020 – Programa Operacional Competitividade e Internacionalização, que terá a AEP – Associação Empresarial de Portugal como organismo intermédio, pretendemos o aumento da qualificação e competitividades do tecido empresarial, reforçando as capacidades nas temáticas de Organização e Gestão e Economia Digital.
Trata-se de uma grande oportunidade para a valorização e o crescimento das empresas envolvidas e conta com o empenhamento da Dolmen no sucesso do projeto, bem como dos seus resultados para o território.
O Modelo de Intervenção baseia-se no ciclo PDCA (PLAN – DO – CHECK – ACT), respeitando a ordenação lógica destas etapas e garantindo a constante monitorização do processo:
   • Diagnóstico e Definição do Plano de Desenvolvimento
   • Implementação do Plano de Desenvolvimento
   • Acompanhamento do Plano de Desenvolvimento
   • Avaliação de Resultados/ Melhorias Implementadas

PROGRAMA
18.00h – Abertura
  Dr. Telmo Pinto (Presidente da Direção da Dolmen)
  Dra. Paula Silvestre (Coordenadora do Programa Formação PME do OI AEP)
18.15h – Apresentação do Projeto “Qualificar PME’s Douro Verde”
  - Organização e Gestão
  - Economia Digital
  Dra. Sandra Queirós (Dolmen)
18.45h – Questões e Esclarecimentos
19.00h – Encerramento

Faça já a sua inscrição, enviando um email para dolmen@sapo.pt ou sandra-dolmen@sapo.pt (entrada gratuita).
(07.mai.2017)


SEMINÁRIO CITRUS D'OURO 2017 - UMA OPORTUNIDADE PARA A REGIÃO!

A APROVAL – Associação dos Produtores Agrícolas do Vale do Sousa e Tâmega, entidade organizadora, juntamente com o imprescindível apoio das Câmaras Municipais de Baião, Marco de Canaveses e Cinfães, das Juntas de Freguesia, que envolvem esta zona de grande potencial na produção de limão e laranja, da DRAP Norte (Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte), da UTAD (Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro), da EPAMAC (Escola Profissional Agrícola), da Dolmen (Grupo de Ação Local), da CONFAGRI (Confederação das Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal), das CLDS de Baião, Marco e Cinfães (Contratos Locais de Desenvolvimento Social), das Associações Empresariais de Baião, Marco de Canaveses e Cinfães, bem como com o precioso patrocínio da SAPEC, Caixa de Crédito Agrícola, Diamantino Seguros, Standarte, Zucra e Casa da Lavand’eira, estão a promover o Seminário CITRUS D’OURO 2017 – Uma oportunidade para a Região!, agendado para o dia 6 de maio de 2017, entre as 14:00 e as 19:00 horas.
Esta iniciativa conta com a presença de representantes das referidas entidades e terá como publico alvo futuros produtores e produtores com áreas já instaladas e a instalar (estima-se entre 120 a 150).

O CITRUS D’OURO tem por finalidade:
Analisar os impactos na paisagem florestal existente, do aumento na produção de limão, a par com a diminuição na produção existente de laranja e tangerina, tendo sempre presente que a estrutura produtiva terá que assentar na gestão sustentável dos recursos, que não comprometa o equilíbrio do ecossistema da exploração frutícola e dos ecossistemas envolventes. O Desenvolvimento económico e paisagístico desta zona geográfica e os melhores métodos de produção/ implantação das culturas, podas e manutenção de culturas e modos de produção.
Este primeiro seminário terá o principal enfoque na estratégia para uma agricultura sustentável, na potencialidade económica local na produção e na comercialização de Citrinos do Douro e seu impacto agroambiental, económico e financeiro desta zona.

PROGRAMA:

 Abertura
   PAINEL I – Citrinos, uma oportunidade para a Região:
     • Os citrinos na alimentação humana: do passado às novas tendências de consumo (UTAD – Prof. Doutor António Nazaré Pereira)
     • Características agrícolas, demográficas e climatéricas da região geográfica. (DRAPN – Eng. Augusto Ventura Assunção )
     • Exploração dos Citrinos (Quinta do Miradouro – Eng. João Saramago)
     Debate

 Coffee Break

   PAINEL II – Citrinos, apoios aos investimentos:
     • Atuais Apoios Agrícolas e PAC (CONFAGRI – Eng.ª Isabel Santana)
     • Pequenos Investimentos nas Explorações Agrícolas (DOLMEN – Eng. Celso Monteiro)
     • Apoios aos investimentos nas Explorações Agrícolas (DRAPN – Engª Adelaide Dias Freire Gomes Inácio)
     Debate
 Encerramento

Mais informações pelos números 933 960 996 e 915 018 293 ou pelos e-mail filipebabo@aproval.pt e maramoreira@aproval.pt.
A inscrição é gratuita mas obrigatória e sujeita à disponibilidade de lugar. Inscreva-se já aqui.
(18.abr.2017, atualizado a 21.abr.2017)


WORKSHOP “CRIE O SEU NEGÓCIO EM 5 PASSOS”

A Fundação AEP, em parceria com a Câmara Municipal de Cinfães e a Cooperativa Dolmen, vai promover o workshop “Crie o seu negócio em 5 passos”. Trata-se de um programa de promoção do empreendedorismo e do espírito empresarial composto por um ciclo sequencial de 5 sessões temáticas: atitude empreendedora; da ideia ao negócio; materialização do negócio; investimento e fontes de financiamento e o plano de negócios. As ações estão agendadas para os dias 18, 19, 20, 26 e 27 de abril, das 9h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h00, na Biblioteca Municipal de Cinfães.
A participação é gratuita mas sujeita a inscrição obrigatória no site www.apreender.pt.
Mais informações aqui.
(07.abr.2017)


II CAMINHADA NOTURNA MARÃO

A Caminhos Velhos – Animação Turística, está a organizar uma caminhada noturna, que irá decorrer no próximo dia 14 de Abril (sexta-feira Santa) com destino à serra do Marão. A concentração está definida para as 19:00h no Alto de Quintela onde será ministrado um aquecimento.
A caminhada terá um custo de 5€, sendo que será entregue a cada participante uma pulseira identificativa, seguro, um reforço alimentar para o percurso e no final uma ceia ligeira que reconfortará por certo todos os caminheiros.
iNFO: Início 19h00 | Extensão 11 km | Transporte de regresso ao ponto de partida | Inscrições - 914 011307 / 916 696944 (até dia 12 de abril).
(04.abr.2017)


mat2017, MERCADO AGRÍCOLA TRADICIONAL DO MARCO - PÁSCOA

A APROVAL – Associação dos Produtores Agrícolas do Vale do Sousa e Tâmega, com o apoio da Câmara Municipal de Marco de Canaveses e da Junta de Freguesia de Marco, com o patrocínio da Proposta Natural e Nanta, vai realizar, nos dias 13 a 15 de abril de 2017 (dias 13 e 14 das 10 e as 18 horas, dia 15 das 10 às 13 horas), na Praça Crispiniano da Fonseca (junto à Mercearia da Cidade e Café Conforto), cidade do Marco de Canaveses, o Mercado Agrícola Tradicional do Marco (mat2017 - Páscoa).
O mat2017 obedece a um conjunto de regras fixadas no Regulamento do Mercado de Agricultura Tradicional do Marco e, tendo em vista incentivar a participação neste evento, dos pequenos produtores da sub-região Tâmega e Sousa, haverá isenção do pagamento de taxas pela utilização do espaço.
Este mercado tradicional agrícola tem por missão promover aquilo que de melhor se produz na Sub-região Tâmega e Sousa, proporcionando à população em geral o acesso a esses produtos enquanto, simultaneamente, se dinamiza a zona histórica e cívica da cidade. A APROVAL estima que durante o período de realização do mercado sejam atraídos para aquela zona da cidade várias centenas de visitantes.
Contactos: Filipe Babo – 933 960 996, Fátima Carneiro – 938 821 351, Mara Moreira – 915 018 293
(30.mar.2017)


FESTAS DE RECONQUISTA DE VIGO | 01 E 02 DE ABRIL

No âmbito da candidatura “Territórios de Baixa Densidade - Low Density High Quality”, aprovada ao abrigo do Sistema de Apoio às Ações Coletivas do NORTE 2020, a Dolmen está a implementar algumas ações promocionais, designadamente ações de benchmarking, ações de prospeção de mercados e participação em certames, tendo em vista o apoio à internacionalização das micro e pequenas empresas localizadas nos territórios de baixa densidade, foco central deste projeto.
É neste contexto que participaremos, neste fim de semana (01 e 02 de abril), nas Festas da Reconquista de Vigo, contando para o efeito com a colaboração do Sr. Vice-Cônsul, Dr. Manuel Silva e do Centro Cultural de Camões (Casa Arines) em Casco Velho.
O início desta participação será assinalado com um Verde d’Honra com degustação de produtos locais do Território Douro Verde, hoje às 19 horas, no Centro Cultural de Camões, contando com a presença de entidades públicas e privadas da Galiza e da nossa região.
(31.mar.2017)


SI2E - SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO

Foi hoje apresentado em Évora, pelo 1º Ministro António Costa, o SI2E – SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO, que visa apoiar de forma simplificada pequenos investimentos empresariais de base local. O SI2E discrimina positivamente as iniciativas empresariais dos territórios de baixa densidade.
O SI2E tem aplicação em todo o território do continente, em função das áreas territoriais previstas nas Estratégias de Desenvolvimento Local ou nos avisos de abertura de candidaturas. No Território Douro Verde, concelhos e freguesias abrangidas pelo DLBC, a Dolmen é a entidade responsável pela sua implementação.
São passíveis de financiamento do SI2E as tipologias de operações:
1. Criação de micro e pequenas empresas ou expansão ou modernização de micro e pequenas empresas criadas há menos de cinco anos;
2. Expansão ou modernização de micro e pequenas empresas criadas há mais de cinco anos.
A apresentação acontece na sequência da recente publicação da Portaria n.º 105/2017 de 10 de março, diploma que enquadra estes incentivos.
O arranque dos concursos acontecerá a partir de 14 de abril. Contamos colocar aqui brevemente mais novidade. Caso ainda não o tenha feito, faça-nos chegar a sua Ficha de Intenção de Candidatura (FIC).
(14.mar.2017)


FESTA DAS CAVACAS DE RESENDE 2017

O Município de Resende organiza, em colaboração com a Companhia das Águas, a 11ª Festa das Cavacas em Caldas de Aregos, junto a uma das mais belas paisagens do rio Douro, no próximo dia 26 de março de 2017.
Este produto é o ex-libris da doçaria tradicional resendense - a cavaca, conhecida desde tempos imemoriais, e que ainda é feita, por regra, à moda antiga, mexida à mão e cozida nos fornos alimentados a lenha, tal como se fazia no tempo dos nossos avós. Os visitantes terão, ainda, à disposição o bom vinho produzido na região, os licores e compotas tradicionais e o artesanato local.
(06.mar.2017)


CANDIDATURAS ABERTAS PARA JOVENS AGRICULTORES (E NÃO JOVENS)

Reabriram as candidaturas à operação 3.1.1 - Jovens Agricultores. Caso seja do seu interesse, não deixe de ver o aviso, com novidades relativamente aos anteriores:

OPERAÇÃO 3.1.1 - JOVENS AGRICULTORES (4º ANÚNCIO)
   • Período de candidaturas: de 2017-03-02 às 12:00:00 a 2017-05-31 às 16:59:59;
   • Anúncio de abertura (168,78 KB)
   • Ver operação.

OPERAÇÃO 3.2.1 - INVESTIMENTO NA EXPLORAÇÃO AGRÍCOLA (JOVENS AGRICULTORES) 10º ANÚNCIO
   • Período de candidaturas: de 2017-03-02 às 12:00:00 a 2017-05-31 às 16:59:59;
   • Anúncio de abertura (211,92 KB)
   • Ver operação.

Continuam abertas e com nova data de fim as candidaturas "Investimento na Exploração Agrícola" (investimentos superiores a 25.000€) e "Transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas" (investimentos superiores a 200.000€):

OPERAÇÃO 3.2.1 - INVESTIMENTO NA EXPLORAÇÃO AGRÍCOLA (7º ANÚNCIO)
   • Período de candidaturas: de 2016-12-09 às 12:00:00 a 2017-04-28 às 17:00:00;
   • Anúncio de abertura (2,61 MB)
   • Ver operação.

OPERAÇÃO 3.3.1 - TRANSFORMAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS AGRÍCOLAS (4º ANÚNCIO)
   • Período de candidaturas: de 2016-12-09 às 12:00:00 a 2017-04-28 às 17:00:00;
   • Anúncio de abertura (2,88 MB)
   • Ver operação.
(03.mar.2017)


III CAMINHADA POR BOASSAS, sáb.15.ABR.2017

A associação por Boassas organiza a III Caminhada Por Boassas a realizar no próximo dia 15.abr.2017.
São cerca de 10km com pequenos percursos que alternam com visitas a pontos de interesse da aldeia, património em especial (consulte aqui o programa completo).
Esta atividade tem origem e decorre numa das primeiras "Aldeias de Portugal" classificadas pela ATA, Associação de Turismo de Aldeia, através da Dolmen.
Podem ser obtidas mais informações através do e-mail manuelcerveirapinto@hotmail.com.
(01.mar.2017)


AGROtalks | APICULTURA, tendências e desafios

O mel será rei e senhor na quarta edição do Agrotalks que se realiza a 4 de Março, no Instituto Empresarial do Tâmega. Este espaço de reflexão e de discussão pretende, nesta edição, abordar um domínio setorial: a fileira do Mel. O debate será, pois, feito em torno das tendências e oportunidades da apicultura, bem como da transformação e comercialização do mel. Tópicos que consubstanciam um desafio incontornável da qualificação dos agentes económicos.
A participação é gratuita mas sujeita a inscrição e limitada à capacidade do auditório.
Mais informações em www.facebook.com/AgrotalksConferencia.
(27.fev.2017)


VÍDEO PROMOCIONAL DO SETOR PRIMÁRIO DE BAIÃO

O Contrato Local de Desenvolvimento Social, Terceira Geração “Integrar Baião” (CLDS-3G “Integrar Baião”) fez o lançamento do Vídeo Promocional do Setor Primário de Baião, tendo ocorrido no Salão Nobre da Santa Casa de Misericórdia de Baião, no passado dia 4 de fevereiro de 2017, pelas 10h00.
Mais informações em www.facebook.com e uma introdução ao vídeo aqui.
(06.fev.2017)


ABERTURA DE CANDIDATURAS ÀS AÇÕES DLBC NO DOURO VERDE

Estão abertas, até 31.mar.2017, as candidaturas à operação 10.2.1.3. DIVERSIFICAÇÃO DE ATIVIDADES NA EXPLORAÇÃO AGRÍCOLA.
Clique aqui para mais informações.
(25.jan.2017, atualizado a 30.jan.2017)


EMPREENDEDORISMO EM MEIO RURAL NA REGIÃO DO NORTE (E COM A DOLMEN, NO DOURO VERDE)

O EMARn é um programa de apoio ao empreendedorismo em territórios rurais, adaptado aos condicionalismos e particularidades do meio rural, com a finalidade de criar uma envolvente positiva, de suporte ao aparecimento e crescimento das empresas e do emprego na Região Norte, valorizando-o nas estratégias de desenvolvimento local - Novas abordagens no desenvolvimento de novos projetos, negócios e empresas – Uma estratégia para inversão de algumas das tendências negativas dominantes.
O projeto, no Território Douro Verde dinamizado pela Dolmen, assenta no apoio ao empreendedorismo como forma de valorização dos recursos. Integram o consórcio 15 Co-Promotores e 13 Parceiros com o apoio da Secretaria de Estado da Alimentação e Inovação Agroalimentar.
Mais informações em www.emern.pt.
(20.jan.2017)


BESTANÇA EM DESTAQUE!


É em plena Serra de Montemuro no concelho de Cinfães que nasce o incomparável Rio Bestança.
A 1229 metros de altitude, iniciamos uma caminhada de puras emoções com muito por descobrir no que é considerado um dos rios com melhor qualidade ambiental da Europa. Afluentes límpidos e puros juntam-se aos 13,5 Km de leito entre a fauna e flora selvagem do vale que caminha em direção ao Douro.
Com imagens que ficarão na nossa memória… com um convite à visita, à descoberta, esta time-lapse leva-nos numa viagem de encantos desde a sua nascente à sua foz... (Pedro Sá & Tânia Sousa Produções).
(27.dez.2016)



II CAMINHADA POR BOASSAS, sáb.31.DEZ.2016


A associação por Boassas organiza a II Caminhada Por Boassas a realizar já no próximo dia 31.dez.2016.
São cerca de 10km com pequenos percursos que alternam com visitas a pontos de interesse da aldeia, património em especial (consulte aqui o programa completo).
Esta atividade tem origem e decorre numa das primeiras "Aldeias de Portugal" classificadas pela ATA, Associação de Turismo de Aldeia, através da Dolmen.
Podem ser obtidas mais informações através do e-mail manuelcerveirapinto@hotmail.com.
(14.dez.2016)



GRALHEIRA, ALDEIA DO PAI NATAL 2016


10, 11, 17 e 18 de dezembro a aldeia da Gralheira será uma vez mais a Aldeia do Pai Natal. Muita animação e atividades a abrir a época natalícia em plena serra de Montemuro.
No dia 18 de dezembro, pelas 09h00, está incuída na programação a prova "IV BTT /CAMINHADA ALDEIA DO PAI NATAL", promovida pela Associação Trilhos de Cinfães. As inscrições podem ser efetuadas aqui.
(06.dez.2016)



CABAZES DE NATAL 2016


A Dolmen, através das Lojas de Produtos Locais de Amarante, Baião, Cinfães e Marco de Canaveses, criou novamente o presente ideal para este Natal, os Cabazes de Produtos Locais e Regionais.
Aliando a promoção dos produtos locais do Douro Verde - vinhos, espumantes, licores, fumeiro, mel, compotas, biscoitos, artesanato, broa e nozes - ao apoio aos artesãos e produtores locais, na venda dos seus produtos, disponibilizamos oito cabazes com produtos e preços distintos, evidenciando os melhores sabores e saberes do Douro Verde e contribuindo também desta forma para o desenvolvimento económico da região.
Se nenhuma das propostas corresponder à sua necessidade (veja aqui o conteúdo de cada cabaz), poderemos fazer o cabaz à medida.
Neste Natal ofereça sabores e saberes, ofereça local!
(18.nov.2016)


EXPOSIÇÃO: IV CONCURSO INTERNACIONAL DE FOTOGRAFIA DE BOASSAS




A Associação Por Boassas leva a cabo a inauguração da 1.ª exposição dos trabalhos referentes ao “IV Concurso Internacional de Fotografia de Boassas” que terá lugar no próximo dia 6 de Novembro, pelas 15.00h no edifício da antiga escola primária, sita no lugar de Boassas, freguesia de Oliveira do Douro, concelho de Cinfães.
O IV Concurso Internacional de Fotografia, subordinado ao tema “Boassas. O quotidiano, o património natural e a biodiversidade” ocorreu em julho deste ano e visou a promoção e divulgação da aldeia de Boassas e zona envolvente, alertando e sensibilizando as pessoas para a importância do património humano, da paisagem, dos valores patrimoniais e ambientais da povoação e da área natural que a envolve, incentivando-as para a sua conservação e preservação.
Esta atividade tem origem e decorre numa das primeiras "Aldeias de Portugal" classificadas pela ATA, Associação de Turismo de Aldeia, através da Dolmen.
(04.nov.2016)


I CAMINHADA POR BOASSAS, sáb.12.NOV.2016




A associação por Boassas em parceria com a AMUT (Associação Mutualista de Gondomar) organizam a I Caminhada Por Boassas a realizar já no próximo dia 12.nov.2016.
São cerca de 10km com pequenos percursos que alternam com visitas a pontos de interesse da aldeia, património em especial (consulte aqui o programa completo).
Esta atividade tem origem e decorre numa das primeiras "Aldeias de Portugal" classificadas pela ATA, Associação de Turismo de Aldeia, através da Dolmen.
Podem ser obtidas mais informações através do e-mail manuelcerveirapinto@hotmail.com.
(24.out.2016)


VI ENCONTRO NACIONAL DE PRODUTORES DE MIRTILO, EM MARCO DE CANAVESES




A EPAMAC – Escola Profissional de Agricultura de Marco de Canaveses, juntamente com a Câmara Municipal do Marco de Canaveses, a DOLMEN, CRL, o Caerus - Projecto Oportunidade, o COTHN e o INIAV o(a) convidam à participação no VI Encontro Nacional de Produtores de Mirtilo, que terá lugar nos próximos dias 12 e 13 de novembro de 2016 na Quinta da Torre, concelho de Marco de Canaveses.
Este encontro de produtores pretende afirmar-se como uma iniciativa de debate, reflexão e discussão da atualidade e perspetivas futuras do setor, aliando testemunhos de produtores com referências nacionais e internacionais da fileira do mirtilo.
O encontro irá decorrer na Quinta da Torre, concelho de Marco de Canaveses, num espaço que alia modernidade à sustentabilidade das explorações de vinho verde e mirtilo e terá um custo de participação de 10€ (caso pretenda almoçar no evento há lugar ao pagamento do valor extra de 10€, sendo relevante sublinhar que serão disponibilizadas informações acerca das outras opções para almoço, ficando todas elas a distâncias superiores a 5km).

PROGRAMA (ver o cartaz programa)
SÁBADO | 12 NOVEMBRO
09H00 Abertura do secretariado e receção aos participantes
10H00 Sessão de Abertura
10H30 Coffee Break
11H15 Olivier Coste – Fall Creek Nursery: Fall Creek World Blueberry Update
11H45 Discussão
----------------
12H30 Visita à exploração de mirtilo da Quinta da Torre e Almoço
----------------
14H00 Mesa Redonda (Moderador Engº Pedro Brás de Oliveira – INIAV)
Ana Teresa Fonseca - Biobaga
António Nunes – Driscoll’s
Hugo Lains – We Plant In Portugal
José Fernando Sousa – Solintenso
José Monteiro – Associação A BAGA
Silvério Quelhas – Uniberry
17H Encerramento
DOMINGO | 13 NOVEMBRO
9H às 13H Visitas às explorações assinaladas
Todos(as) os(as) interessados(as) em participar devem aceder a https://projectocaerus.typeform.com/to/uD9VZZ de forma a assegurar o seu lugar neste encontro. Os lugares são limitados e serão reservados por ordem de chegada (após confirmação do pagamento da inscrição):
Acompanhe-nos na nossa página Facebook em www.facebook.com/encontrodeprodutoresdemiritilo.
Após o preenchimento do formulário deverá fazer a transferência bancária e remeter o envio do comprovativo de acordo com as indicações apresentadas no final do formulário.
Perante qualquer dúvida ou problema encontrado não hesite em contactar a organização através dos seguintes meios:
- encontrodeprodutoresdemirtilo@gmail.com
- 255 534 049 (Escola Profissional Agricultura e Desenvolvimento Rural Marco Canaveses);
- 255 511 278 (Caerus - Projecto Oportunidade - CLDS 3G Marco de Canaveses).
(17.out.2016, atualizado a 30.out.2016)



FESTIVAL UVVA - UNIVERSO DO VINHO VERDE AMARANTE, dias 9, 10 e 11 de setembro


A 9, 10 e 11 de setembro Amarante recebe o FESTIVAL UVVA -UNIVERSO DO VINHO VERDE AMARANTE, que terá lugar nos Claustros do Convento de S. Gonçalo. Trata-se de uma iniciativa da Câmara Municipal de Amarante, com a produção da EV – Essência do Vinho e parceria da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes.
O UVVA é um evento de promoção do Vinho Verde enquanto produto estrela do país, no qual será possível provar muitos do melhores vinhos verdes, quer de Amarante, quer da restante região demarcada, em estreita ligação com os seus produtores, e também com enólogos convidados com o qual os participantes poderão conversar.
Em complementaridade com o Vinho Verde, haverá uma área de degustação de produtos regionais, onde estará presente o melhor da gastronomia.
O UVVA terá ainda na sua agenda um conjunto de momentos especiais, com a participação de reputados Chefes de cozinha dinamizando sessões de showcooking, participação de enólogos em conversas sobre os vinhos, animação por DJs, uma zona lounge para disfrutar das oportunidades gastronómicas, e a presença de um graffiter que ilustrará o evento.
A participação no UVVA por parte de todos os interessados em conhecer este universo é gratuita, estando a prova de vinhos sujeita à aquisição do copo oficial do evento que terá um custo de 2,5€.
Amarante tem um histórico protagonismo dentro da região dos vinhos verdes, o UVVA será um momento de reforço desse posicionamento, de cruzamento entre produtores e consumidores, de combinação dos melhores vinhos com a melhor gastronomia, e da afirmação do carater distintivo do vinho verde no panorama nacional.
Mais informação: Facebook, Município de Amarante.
(23.ago.2016)



ABERTURA DE CANDIDATURAS ÀS AÇÕES DLBC NO DOURO VERDE


Consulte regularmente, neste sítio, toda a informação relacionada com as candidaturas ao DLBC e aceda aos principais documentos bem como poderá iniciar, a partir daqui, o acesso ao Balcão de Beneficiário do PDR2020.
NOTA: caso não consiga aceder a algum dos documentos disponibilizados através das hiperligações em baixo, tente novamente mais tarde. Caso a dificuldade persista poderá recorrer ao sítio de internet do PDR2020 ou entrar em contacto com a Dolmen através de:
• Telefones: 255521004, 255542154 ou 255100025;
• E-mail: dolmen@sapo.pt.

Documentos gerais:
Freguesias elegíveis no território Douro Verde
Estratégia de Desenvolvimento Local (EDL) para o território Douro Verde
Portaria n.º 152/2016 de maio, atualizada com a Portaria n.º 249/2016 de 15 de setembro.

Ações a que se pode candidatar:

OPERAÇÃO 10.2.1.3. DIVERSIFICAÇÃO DE ATIVIDADES NA EXPLORAÇÃO AGRÍCOLA

O apoio previsto nesta operação prossegue como objetivos i) estimular o desenvolvimento, nas explorações agrícolas, de atividades que não sejam de produção, transformação ou comercialização de produtos agrícolas previstos no anexo I do TFUE (Tratado sobre o Funcionamento da União Europeia), criando novas fontes de rendimento e de emprego e ii) contribuir diretamente para a manutenção ou melhoria do rendimento do agregado familiar, a fixação da população, a ocupação do território e o reforço da economia rural.
Pode consultar mais informação disponibilizada pelo PDR2020: ver operação.
Informações/Documentos específicos:
• Período de candidaturas: de 2017-01-30 às 09:00:00 a 2017-03-31 às 15:59:59;
Anúncio de abertura (536 KB);
Anúncio de abertura, retificação (278 KB);
Orientação Técnica Específica (OTE) nº29/2016 (2.879 KB);
Memória descritiva (54 KB);
Lista de documentos complementares (46 KB);
Para iniciar o preenchimento do formulário de candidatura aceda a balcao.pdr-2020.pt e efetue o login ou proceda ao seu registo.

Ações com candidaturas que encerraram:

OPERAÇÃO 10.2.1.1. PEQUENOS INVESTIMENTOS NAS EXPLORAÇÕES AGRÍCOLAS
O apoio previsto nesta operação prossegue como objetivos i) promover a melhoria das condições de vida, de trabalho e de produção dos agricultores e ii) contribuir para o processo de modernização e de capacitação das empresas do setor agrícola. Pode consultar mais informação disponibilizada pelo PDR2020: ver operação.
Informações/Documentos específicos:
• Período de candidaturas: de 2016-08-10 às 09:00:00 a 2016-09-30 às 15:59:59;
Anúncio de abertura;
Orientação Técnica Específica (OTE) nº25/2016;
Memória descritiva;
Lista de documentos complementares;

OPERAÇÃO 10.2.1.2. PEQUENOS INVESTIMENTOS NA TRANSFORMAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO
Os apoios previstos na presente operação visam contribuir para o processo de modernização e capacitação das empresas de transformação e de comercialização de produtos agrícolas. Pode consultar mais informação disponibilizada pelo PDR2020: ver operação.
Informações/Documentos específicos:
• Período de candidaturas: de 2016-08-10 às 09:00:00 a 2016-11-11 às 15:59:59 (prazo com prorrogação);
Prorrogação de prazo;
Anúncio de abertura;
Orientação Técnica Específica (OTE) nº26/2016;
Memória descritiva;
Lista de documentos complementares;
(01.ago.2016, atualizado a 06.fev.2017)

EXPOMONTEMURO 2016, 13 A 17 DE JULHO, EM CINFÃES




Pelo terceiro ano consecutivo a Dolmen marca presença na ExpoMontemuro, que decorre entre os dias 13 e 17 de julho, em Cinfães, assumindo-se este como um evento de referência no que se refere “à promoção regional, na área do investimento, da capacitação e da diversificação da economia local na área envolvente à cordilheira da Serra de Montemuro”.
Para além da promoção do Território Douro Verde e dos seus produtos locais de qualidade, a Dolmen assegurará no seu stand, nos dias 14, 15 e 16 entre as 16 e as 19 horas a presença de um Técnico, que estará disponível para prestar todos os esclarecimentos relacionados com a formalização de candidaturas a apresentar no âmbito da DLBC Rural Douro Verde 2020, estando prevista para muito breve a abertura do primeiro concurso aos Pequenos Investimentos nas Explorações Agrícolas.
Igualmente integrado no programa da ExpoMontemuro e no âmbito do "Workshop Empreendorismo Local", realizaremos uma sessão de divulgação pública, da DLBC Rural Douro Verde 2020, na próxima 6.ª feira, às 15h30, no Auditório Municipal. As inscrições dos interessados, para a sessão do DLBC, poderão ser efetuadas aqui Pode também consultar o Programa Geral da Expomontemuro.
(13.jul.2016)



SESSÕES DE DIVULGAÇÃO DO DLBC DOURO VERDE

Tendo em conta a abertura de candidaturas no âmbito do Desenvolvimento Local de Base Comunitária (DLBC) para o Território Douro Verde (ver), a Dolmen, em articulação com os Municípios, está a realizar diversas sessões de apresentação do DLBC.

Cronograma de sessões:
• Sex, 18.nov.2016, 21h00: Auditório da Junta de Freguesia de Alpendorada;
• Sex, 07.out.2016, 18h00: CLAP (Centro Local de Animação e Promoção Rural) em Vila Chã do Marão;
• Qua, 14.set.2016, 18h00: Museu Municipal de Resende;
• Qua, 27.jul.2016, 18h00: Auditório Municipal de Marco de Canaveses;
• Ter, 26.jul.2016, 18h00: Espaço Douro & Tâmega (instalações da Dolmen em Amarante);
• Sex, 15.jul.2016, 15h30: Auditório Municipal de Cinfães;
• Seg, 11.jul.2016, 18h00: Auditório Municipal de Resende;
• Sex, 08.jul.2016, 10h00: Auditório Municipal de Baião;
• Qui, 07.jul.2016, 18h00: Salão Nobre da Junta de Freguesia de Rio de Moinhos (Penafiel);

Ações do DLBC:
• Pequenos Investimentos nas Explorações Agrícolas (candidaturas a abrir brevemente);
• Pequenos Investimentos na Transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas;
• Diversificação de Atividades na Exploração Agrícola;
• Cadeias Curtas e Mercados Locais;
• Promoção de produtos de qualidade locais;
• Renovação de aldeias;
• Projetos de criação do próprio emprego ou empresa por desempregados ou inativos que pretendam voltar ao mercado de trabalho;
• Projetos de investimento para a expansão de pequenas e microempresas existentes de base local ou para a criação de novas empresas;
• Criação e requalificação de infraestruturas de apoio à valorização e visitação.

Consulte esta notícia regularmente. Atualizações e outras alterações ao cronograma serão efetuadas aqui.
Caso tenha alguma ideia de investimento, da qual nos queira dar conta, envie a sua Ficha de Intenção de Candidatura (FIC).
(07.jul.2016, atualizado a 06.nov.2016)

EXPOMONTEMURO - INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ 21 DE JUNHO




Estão abertas as inscrições para a Expomontemuro 2016, uma iniciativa da Câmara Municipal, que decorrerá de 13 a 17 de julho em Cinfães. Os expositores interessados em participar devem efetuar a inscrição até ao próximo dia 21 de junho (aceder ao formulário online a remeter à Câmara Municipal de Cinfães). Antes de efetuar a inscrição deverão consultar, obrigatoriamente, as normas de funcionamento.
(15.jun.2016)


TONGOBRIGA, MERCADO ROMANO 2016 | 01, 02 E 03 DE JULHO DE 2016




Nos próximos dias 01, 02 e 03 (julho.2016), as ruínas romanas de Tongobriga, lugar do Freixo, em Marco de Canaveses, recebem a 6ª edição do Mercado Romano de Tongobriga.
Consulte o cartaz oficial clicando na figura em cima ou consulte o desdobrável/programa aqui.
(20.mai.2016, atualizado a 24.jun.2016)


EXPO ABOBOREIRA, COM CAMINHADA "POR CAMINHOS DA ABOBOREIRA" | 20, 21 E 22 DE MAIO DE 2016




A Dolmen realiza nos próximos dias 20, 21 e 22 de Maio a segunda edição da Expo Aboboreira, em Carvalho de Rei, Amarante.
Ao longo dos três dias está presente a animação, gastronomia e os produtos locais do Douro Verde, tão característicos da nossa região e de tanta importância para as economias locais.

A destacar a Caminhada "Por Caminhos da Aboboreira" que decorrerá no domingo, dia 22 de maio. A caminhada terá um custo de 10€, com almoço incluído, seguro e a oferta de uma cabaz de produtos locais. As inscrições são feitas para o e-mail dolmen@sapo.pt ou para os nº 255 100 025 / 932 774 617 e os interessados terão de fornecer o nome completo e o nº de BI/CC.


(16.mai.2016)


CONFERÊNCIA SOBRE PORTUGAL 2020 NO MAIO CULTURAL EM ANCEDE E RIBADOURO




A Freguesia de Ancede e Ribadouro tem em curso a 3ª edição do Maio Cultural, incluindo no programa uma Conferência sobre "Portugal 2020" e "Fitofarmacêuticos", no dia 20 de Maio pelas 21 horas no salão Nobre da sede de Freguesia em Ancede.
O Maio Cultural tem atividades ao longo de todo este mês. Pode consultar mais informação dando um clique na imagem em cima (cartaz) ou aqui (Facebook oficial). (11.mai.2016)


Dolmen apresenta candidatura ao COMPETE 2020 com oportunidades de qualificação para PME’s do Douro Verde




A Dolmen, CRL, está a preparar uma nova candidatura para apoiar a qualificação de micro, pequenas e médias empresas, no âmbito dos Projetos Conjuntos Formação Ação do COMPETE 2020 – Programa Operacional Competitividade e Internacionalização.

Pretende-se com esta candidatura contribuir para o reforço das capacidades de organização e gestão das empresas, internacionalização e economia digital, que serão o foco desta candidatura.

Benefícios para a empresa: - Consultoria/ - Formação/ - Diagnóstico / - Definição do Plano de Acção/ - Apoio à Implementação do Plano de Acção/ - Formação para os/ Trabalhadores no Domínio do Projeto.

Metodologia:



Trata-se de uma excelente oportunidade para a valorização e o crescimento das empresas envolvidas e conta com o empenho da Dolmen no sucesso da candidatura, bem como dos seus resultados para o território.

As Micro, Pequenas e Médias Empresas (PME) interessadas deverão manifestar a sua intenção em participar até às 17.30 horas do próximo dia 20 de maio.

Elegibilidade - As ações destinam-se a gestores e trabalhadores das atividades económicas das Industrias Alimentares, Turismo, Alojamento, Restauração e similares.

Candidaturas - As PME interessadas em participar nas ações de qualificação incluídas na candidatura devem manifestar o seu interesse junto do GAL DOLMEN, preenchendo o documento de Pré-Adesão.

Esclarecimentos - Estão previstas sessões de esclarecimento sobre a candidatura, em locais e datas a definir oportunamente. Não obstante, ficamos desde já disponíveis para prestar todas as informações, devendo o contacto ser efetuado com os seguintes Técnicos: Dr.ª Sandra Queirós (Baião - 255 542 154), Dr. Pedro Silva (Marco de Canaveses - 255 521 004) ou Dr.ª Ana Gonçalves/Dr. Gabriel Carvalho (Amarante - 255 100 025).
(11.mai.2016)


DOLMEN, alteração dos estatutos




Nos termos do Art. 38º do Estatutos da Dolmen – Cooperativa de Formação, Educação e de Desenvolvimento do Baixo Tâmega, informa-se que estão disponíveis para consulta a partir de hoje e durante 30 dias, durante os quais podem ser dados contributos, a proposta de alteração dos Estatutos, na sede social bem como nas instalações da Cooperativa em Amarante e Baião ou ainda aqui.
(05.mai.2016)


RECONQUISTA DE VIGO 2016




Em resultado de uma parceria estabelecida com o Centro Cultural de Camões em Vigo, a Dolmen participou, neste fim-de-semana (02 e 03.abr.2016), nas Festas da Reconquista de Vigo, evento reconhecido pelas entidades galegas de interesse turístico, que tem como cenário o Casco Velho, centro histórico desta cidade.
Trata-se de um evento de rua, com uma grande afluência de participantes, em que a comunidade local e turistas percorrem as ruas trajados à época, recriando este importante momento histórico.
A participação da Dolmen, neste evento, foi identificada como uma das atividades de marketing territorial a desenvolver no âmbito da candidatura Low Density High Quality - Territórios de Baixa Densidade, aprovada ao abrigo do Sistema de Apoio às Ações Coletivas do Norte 2020, que tem como objetivo, o apoio à internacionalização das micro e pequenas empresas localizadas nos territórios de baixa densidade. (ler mais)
(06.abr.2016)


IV CONCURSO INTERNACIONAL DE FOTOGRAFIA DE BOASSAS




A Associação Por Boassas leva a efeito o seu IV Concurso Internacional de Fotografia, subordinado ao tema “Boassas. O quotidiano, o património natural e a biodiversidade”, convidando todos os associados, amigos e amantes de fotografia a participar.
O concurso visa a promoção e divulgação da aldeia de Boassas e zona envolvente, alertando e sensibilizando as pessoas para a importância do património humano, da paisagem, dos valores patrimoniais e ambientais da povoação e da área natural que a envolve, incentivando-as para a sua conservação e preservação.
Ao propor nesta 4.ª edição o tema «Boassas. O quotidiano, património natural e biodiversidade» pretende-se sensibilizar para a importância da paisagem humana, dos usos e costumes, da cultura dos mais velhos e dos seus saberes, bem como para a valorização e preservação da paisagem, da envolvente natural da aldeia e da sua biodiversidade de forma a contribuir para o aumento do turismo de natureza e actividades que o possam complementar, gerando oportunidades de emprego e rentabilidade, ajudando a fixar população jovem e perspectivando assim um futuro mais sustentável para os seus habitantes.
Esta atividade tem origem e decorre numa das primeiras "Aldeias de Portugal" classificadas pela ATA, Associação de Turismo de Aldeia, através da Dolmen.
Veja o cartaz do evento, o regulamento e inscreva-se.
(04.abr.2016)


FESTA INTERNACIONAL DAS CAMÉLIAS, CELORICO DE BASTO, 11 A 13 DE MARÇO




A Dolmen, em parceira com o município de Celorico de Basto, associa-se à promoção da Festa Internacional das Camélias que terá lugar em Celorico de Basto no dia 11, 12 e 13 de março. Um evento que valoriza este património natural símbolo da identidade de Celorico de Basto.
A Festa Internacional das Camélias demarca-se, cada vez mais, em Celorico de Basto e além-fronteiras, um facto que tem despoletado um interesse crescente dos turistas durante o mês de março por um concelho onde as Camélias são, efetivamente, “Património de Encantar”. Por todo este concelho podemos encontrar maravilhosos jardins de camélias devidamente ornamentados com exemplares de vários espécimes.
Na XIII Festa Internacional das Camélias é destaque a exposição/concurso, o mercado de camélias, as visitas guiadas pelos jardins de camélias, as ruas decoradas com ornamentos de camélias, os muros, os espantalhos, as caminhadas, o desfile para eleição da rainha das camélias, o desfile temático (em jeito de cortejo), exposição de carros clássicos, conferências, workshops e outras atividades que irão, por certo, enriquecer a XIII Festa Internacional das Camélias.
Veja o cartaz programa e participe neste evento.
(07.mar.2016)


PROVERE, aberto período de receção de Fichas de Intenção de Investimento (Projetos Complementares)


Informa-se que está a decorrer o concurso para apresentação de Estratégias de Eficiência Coletiva (EEC) no âmbito do Programa de valorização Económica de Recursos Endógenos (PROVERE).
O PROVERE visa fomentar, de uma forma sustentável, a competitividade dos territórios de baixa densidade, através da dinamização de atividades económicas (produtoras de bens e serviços transacionáveis) inovadoras e alicerçadas na valorização de recursos endógenos, tendencialmente inimitáveis do território, como sejam recursos naturais, património histórico, saberes tradicionais, entre outros.
Neste contexto, estando a ser elaborada a EEC PROVERE para o Território Douro, Tâmega e Sousa e sendo esta sustentada num Programa de Ação constituído por projetos âncora (investimento de natureza pública) e projetos complementares (que apesar de poderem contemplar investimentos de natureza pública deverão integrar maioritariamente projetos de iniciativa privada), convidam-se todos os interessados a sinalizar a sua intenção de investimento através do preenchimento da respetiva ficha (se necessário, guarde primeiro a ficha para conseguir editar), que deverá ser remetida, até ao dia 24 de fevereiro, para provere2020@sapo.pt.

Alerta-se, contudo, para os seguintes aspetos:
1. O preenchimento e envio da ficha de intenção de investimento não garante a integração do projeto no Programa de Ação, ficando condicionada à análise da sua adequação relativamente ao foco temático assim como à avaliação do seu contributo para a prossecução da EEC PROVERE.
2. A integração dos projetos complementares no Programa de Ação, não garante o seu cofinanciamento, devendo ser objeto de candidatura, ficando sujeito à respetiva avaliação de mérito.
3. Havendo o reconhecimento formal da Estratégia de Eficiência Coletiva, os projetos que integrem o respetivo Programa de Ação, poderão beneficiar das seguintes vantagens:
- Acesso preferencial às linhas de cofinanciamento através de avisos específicos ou de dotações específicas em avisos gerais, no caso dos projetos se enquadrarem nas seguintes Prioridades de Investimento:
3.1: Promoção do espírito empresarial facilitando nomeadamente o apoio à exploração económica de novas ideias e incentivando a criação de novas empresas, inclusive através de incubadoras de empresas;
3.2: Desenvolvimento e aplicação de novos modelos empresariais para as PME, especialmente no que respeita à internacionalização;
3.3: Concessão de apoio à criação e ao alargamento de capacidades avançadas de desenvolvimento de produtos e serviços;
8.3: Emprego por conta própria, empreendedorismo e criação de empresas, incluindo micro, pequenas e médias empresas inovadoras;
8.8: Apoio ao desenvolvimento dos viveiros de empresas e à atividade por conta própria, às microempresas e à criação de empresas e microempresas;
9.6 e 9.10: Investimentos a realizar no âmbito das Estratégias de Desenvolvimento Local de Base Comunitária (DLBC);
- Majoração de pontuação na avaliação global do projeto candidatado, desde que previsto no respetivo Aviso de Candidatura.
Qualquer dúvida poderá ser esclarecida junto da Dolmen, através dos seguintes contactos: provere2020@sapo.pt ou 255 100 025 (Dr.ª Elsa Pinheiro ou Dr.ª Isabel Carvalho).
(15.fev.2016)


CICLO DE CONFERÊNCIAS: FUTURO DA ECONOMIA RURAL NO ESPAÇO EUROPEU




Nos próximos dias 18, 19 e 20 de fevereiro, o município de Baião promove um ciclo de conferências em torno do “Futuro da Economia Rural no Espaço Europeu" numa parceria tripartida entre os municípios de Baião, Moraña (Espanha) e Riccia (Itália).
Destaca-se o painel onde está inserido o debate "Aplicação dos Fundos Comunitários e o Programa Norte 2020 para o desenvolvimento rural", com a intervenção do Vogal da Comissão Diretiva do Norte 2020, Eng. Jorge Nunes.
A participação é livre e não requer inscrição. Veja o programa e participe.
(11.fev.2016)


DOLMEN ASSINA O CONTRATO DE GESTÃO DO DLBC (DESENVOLVIMENTO LOCAL DE BASE COMUNITÁRIA)




No passado dia 27 de janeiro, em Ponte de Sor, distrito de Portalegre foram assinados os contratos para a gestão das Estratégias de Desenvolvimento Local de Base Comunitária (DLBC), programa que resulta do PDR 2020 – Programa de Desenvolvimento Rural no período de programação 2014-2020.
Representada pelo presidente da direção da Dolmen, Telmo Pinto, e respetivo tesoureiro, Manuel Cardoso, foi assinado o contrato de gestão DLBC para o território Douro Verde, que intervém nos concelhos de Amarante, Baião, Cinfães, Marco de Canaveses, Penafiel e Resende, designando-se “Douro Verde 2020 – Um território Inteligente, Inclusivo e Sustentável”.
A cerimónia de contratação contou com a presença do Primeiro-Ministro, António Costa, do Ministro da Agricultura, Capoulas Santos, e do Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, pretendendo, assim, dar um sinal de recuperação de tempo perdido, no sentido de se dar início à aplicação, no terreno, deste programa comunitário que abrange outros 53 daqueles Grupos de Ação Local.
Recorde-se que, no programa anterior, a Dolmen se afirmou, a nível nacional com uma das mais elevadas taxas de execução, o que permitiu, por exemplo, a aprovação, em overbooking, de projetos inicialmente não contemplados. Durante a sessão, Regina Lopes, em nome da Federação Minha Terra, que representa os Grupos de Ação Local, regozijou-se com esta iniciativa, lembrando, contudo os dois anos em que o acesso a este programa, agora integrado no quadro comunitário 2020 esteve interrompido, a dificuldade de acesso de projetos de pequenas associações que ajudam a sobrevivência do interior do país e, sobretudo, a redução drástica do montante, agora atribuído a estes projetos.
Concluída a fase de regulamentação e assim que as candidaturas estejam abertas, o que se prevê acontecer em meados de abril, a Dolmen procederá à publicitação do programa e à realização de sessões de esclarecimento sobre a DLBC, em todos os concelhos da região do Douro Verde.
(03.fev.2016)


CABAZES DE NATAL 2015




A Dolmen, através das Lojas de Produtos Locais de Amarante, Baião, Cinfães e Marco de Canaveses, criou o presente ideal para este Natal, os Cabazes de Produtos Locais e Regionais.
Aliando a promoção dos produtos locais do Douro Verde - vinhos, espumantes, licores, fumeiro, mel, compotas, biscoitos, artesanato, broa e nozes - ao apoio aos artesãos e produtores locais, na venda dos seus produtos, disponibilizamos oito cabazes com produtos e preços distintos, evidenciando os melhores sabores e saberes do Douro Verde e contribuindo também desta forma para o desenvolvimento económico da região.
Se nenhuma das propostas corresponder à sua necessidade (veja aqui o conteúdo de cada cabaz), poderemos fazer o cabaz à medida.
Neste Natal ofereça sabores e saberes, ofereça local!
(25.nov.2015)


DOLMEN NA PORTUGAL AGRO 2015, DE 21 a 23 NOVEMBRO




À semelhança do ano anterior, a Dolmen participará em parceria com a Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, na 2.ª edição da Portugal Agro - Feira Internacional das Regiões, da Agricultura e do Agro Alimentar, que decorre de 21 a 23 de novembro, na FIL | Parque das Nações.
Esta participação enquadra-se na estratégia de valorização dos recursos endógenos do Território Douro Verde, prosseguida pela Dolmen, sendo mais uma oportunidade de promoção dos produtos qualidade existentes no território, destacando-se naturalmente os vinhos verdes e espumantes, o fumeiro, a doçaria regional, o mel, as ervas aromáticas, entre outros, estando representados cerca de 60 produtores do setor agroalimentar e mais de 10 artesãos provenientes dos diversos municípios que integram o Douro Verde.

Sabores do Douro Verde
No decorrer do evento, a Dolmen propiciará aos visitantes e profissionais, momentos de degustação de produtos de cada um dos municípios que integram o Território Douro Verde.
Será igualmente realizado, no espaço de Gastronomia Viva, uma atividade de showcooking, promovida pelo Restaurante Pensão Borges | Restaurante de Tormes da Fundação Eça de Queiroz, que recriará pratos típicos da região, apelando à descoberta de paladares únicos e inconfundíveis, constituindo-se como mote de visita ao Douro Verde.

Animação do Douro Verde
E porque o mundo rural encerra sabores únicos, mas também saberes e tradições cuja memória importa preservar e reinventar, serão promovidas ao longo do evento, atividades de cariz cultural, designadamente música tradicional com raízes no território Douro Verde.
(19.nov.2015)


NOVEMBRO, MÊS DO COGUMELO EM AMARANTE: a Fileira dos Cogumelos e seus Desafios




A fileira do Cogumelo é o tema da 2ª edição do Agrotalks e insere-se num conjunto de atividades denominado "Novembro, mês do cogumelo em Amarante: A Fileira dos Cogumelos e seus Desafios.", dedicado ao debate e à promoção dos cogumelos, numa parceria Dolmen, Município de Amarante, projeto TEIA+, Santa Casa da Misericórdia de Amarante e Associação Portuguesa de Cogumelos.

O evento arranca a 13 de novembro, no Instituto Empresarial do Tâmega, com as conversas sobre agricultura - Agrotalks -, e um showcooking, com o Chef Hernâni Hermida, às 15h00, na Casa do Rio. A 15 de novembro, haverá um Passeio Micológico, a pensar nos amantes das caminhadas, com coleta do cogumelo silvestre e com um almoço integrado para degustação de produtos locais. A 21 e 22 de novembro o programa encerra com a Feira do Cogumelo, que irá decorrer no Claustro do Mosteiro de S. Gonçalo. De referir que no âmbito desta iniciativa, alguns restaurantes locais decidiram associar-se com um Festival Gastronómico. Ao longo de vários dias, os restaurantes vão confecionar e dar a provar vários pratos e iguarias com cogumelos.

Os produtores de cogumelos de Amarante são já uma referência no panorama nacional. Este esforço de investimento enquadra-se no fenómeno que Portugal viu recentemente expressar-se no setor primário: o rejuvenescimento dos promotores agrícolas e a introdução numa perspetiva inovadora, orientada para o mercado e lucrativa, no desenvolvimento de pequenas explorações.

Os interessados em participar poderão consultar o programa e inscrever-se para as diversas atividades em www.agrotalks.pt.
(09.nov.2015)


DOLMEN credenciada para prestar Apoio Técnico à Criação e Consolidação de Projetos (ATCP)




A DOLMEN foi credenciada como Entidade Prestadora de Apoio Técnico à Criação e Consolidação de Projetos, no âmbito de protocolo de colaboração celebrado com o IEFP, referente ao Programa de Apoio ao Empreendedorismo.

A referida credenciação confere à DOLMEN a prestação de apoio técnico aos promotores envolvidos nas medidas de apoio ao empreendedorismo e à criação do próprio emprego promovidas pelo IEFP, fazendo a DOLMEN parte integrante da Rede de Entidades Prestadoras de Apoio Técnico (EPAT).

Na sequência deste protocolo a DOLMEN prestará todo o apoio técnico prévio à aprovação dos projetos de criação de emprego, ao nível da conceção e elaboração de planos de negócio, assim como acompanhamento e consultoria durante os primeiros 2 anos de atividade, abrangendo as medidas e programas de empreendedorismo apoiadas pelo IEFP, de modo a consolidar o sucesso do negócio.
(06.nov.2015)


Sessão de Esclarecimento sobre a BOLSA DE TERRAS e o PDR2020




Realizau-se, esta segunda-feira, 02.nov.2015, uma Sessão de Esclarecimento sobre a Bolsa de Terras e o PDR2020, organizada pela Câmara Municipal de Mondim de Basto, através do Gabinete de Apoio ao Agricultor.
Teve como oradores Luísa Hipólito e Henrique Santos, ambos da DRAPn (Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte), tendo estes apresentado ações do PDR relacionadas com investimentos para a agricultura e agroindústria (algumas das quais serão muito brevemente geridas, no Território Douro Verde, pela Dolmen) bem como Nuno Russo, Coordenador da Bolsa Nacional de Terras, com o objetivo de promover a Bolsa de Terras na região. Na qualidade de entidade GeOp, a Dolmen está autorizada a praticar atos de GEstão OPeracional da bolsa de terras, designadamente a divulgação e dinamização da bolsa de terras, a prestação de informação sobre a bolsa de terras, a promoção da comunicação entre as partes interessadas, a verificação da informação relativa à caracterização dos prédios prestada pelos proprietários que disponibilizem os seus prédios na bolsa de terras, o envio de informação à DGADR, para disponibilização na bolsa de terras e após cumprimento dos procedimentos necessários por parte dos proprietários bem como a celebração dos contratos de disponibilização de terras.
Se pretende disponibilizar terras agrícolas ou florestais sob a forma de cedência, arrendamento ou venda, poderá entrar em contacto com a Dolmen através do telefone 255 521 004, através do e-mail dolmen@sapo.pt ou através de contacto direto, preferencialmente nas instalações da Dolmen em Marco de Canaveses, na Alameda Dr. Miranda da Rocha, nº. 266.
(02.nov.2015)


I ENCONTRO DE PRODUTORES DE MIRTILO E PEQUENOS FRUTOS NO DOURO VERDE | 17out2015




Realiza-se no dia 17 de Outubro de 2015, sábado, o "I Encontro de Produtores de Mirtilo e Pequenos Frutos no Douro Verde" a decorrer no Auditório Municipal de Marco de Canaveses (inicialmente previsto para a EPAMAC), uma iniciativa da EPAMAC (Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Marco de Canaveses) em parceria com a Dolmen, Câmara Municipal do Marco de Canaveses e Projecto CAERUS, envolvendo ainda outras entidades como a DRAPn e a Cooperativa Agrícola de Penafiel.
Face ao crescente número de produtores e área dedicada aos pequenos frutos no Território Douro Verde (TDV com núcleo nos concelhos de Amarante, Baião, Cinfães, Marco de Canaveses, Resende e Penafiel) pretende abordar-se esta temática no sentido de prevenir e resolver problemas associados à produção, transformação e comercialização.

Pode consultar o programa a seguir. As inscrições estão encerradas, por ter sido atingido o limite máximo de participantes.

PROGRAMA:
10h00: Receção aos convidados e participantes
10h15: Boas Vindas e Sessão de Abertura | Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte (DRAPN) e Câmara Municipal do Marco de Canaveses

MANHÃ:
• "Sobre fertilidade, sanidade, avisos agrícolas e aspetos legais da importação" | Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte (DRAPN), Gisela Chicau, Manuela Costa e Guerner Moreira
• "Usos menores de produtos fitofarmacêuticos" | Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), Filomena Bento
• "Diferenças Produtivas entre Variedades e Períodos de Produção e Gestão de Mão-de-obra" | AGROINVEST, Tadeu Alves
• "Nova Política Agrícola Comum (PAC) 2015-2020" | CONFAGRI, Isabel Santana e Cooperativa Agrícola de Penafiel, Maria José Mota
12h30: Networking e Almoço (na EPAMAC, rua da Igreja n. 78, 4625-390 Rosém, Marco de Canaveses (GPS: 41.148333,-8.179361)
TARDE:
• "Fatores determinantes da qualidade" | NATURPASSION, Rute Cardoso
• "Génese, atividade e perspetivas futuras de uma Associação de Produtores" | "A Baga", Manuel Cardoso
• *Título da Comunicação a anunciar | Universidade do Minho, José Teixeira
• "Pós-colheita e processamento do mirtilo" | Instituto Superior de Agronomia - Universidade de Lisboa, Domingos Almeida
• "Comercialização de mirtilos - exportação" | Cooperativa de Mangualde, João Almeida
17h15: Conclusões - Cristina Mendes e Alexandra Ribeiro
17h30: Encerramento

Moderadoras: Cristina Mendes e Alexandra Ribeiro

Inscrição: Inscrições Encerradas!
Localização: Auditório Municipal de Marco de Canaveses, Travessa de Chãos 4630-317 Marco de Canaveses (GPS: 41.185932, -8.148809)
Informações: 255 534 049 (EPAMAC) | www.epamac.com
(06.out.2015, atualizado a 15.out.2015)


PIVOT - Programa Integrado de Valorização e Ordenamento do Douro Verde em consulta pública




No âmbito do projeto Programa Integrado de Valorização e Ordenamento do Douro Verde (PIVOT) pretende-se promover a dinamização económica, social e ambiental do Douro Verde, tendo sido um projeto reconhecido no âmbito da Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE “Paisagens Milenares do Douro Verde”, gerida pela Dolmen, que se constitui como o embrião de um trabalho iniciado em 2008, ao qual importa dar continuidade no futuro.
Este projeto incide sobre cinco municípios – Baião, Cinfães, Marco de Canaveses, Penafiel e Resende – considerando a relevância do território e das povoações junto ao Douro, mas também dos lugares de meia encosta e todas as articulações que se estabelecem à escala local e regional, entre o rio e a média e elevada altitude, num espaço de potencialidades especialmente elevadas, resultando daqui uma estratégia de base local, de acordo com uma lógica centrada no território para o desenvolvimento e ordenamento.
Durante o período de consulta pública, agora até 20 de setembro de 2015, pretendemos recolher o contributo de todos, designadamente sugestões de melhoria da estratégia e disponibilidade de participação na monitorização e implementação do projeto.
Aceda a toda a informação e dê o seu contributo aqui.
(30.jul.2015, atualizado a 01.set.2015)


EXPOaboboreira | 3 a 5 de julho de 2015




Economias de montanha da Serra da Aboboreira em destaque nos dias 3 a 5 de Julho de 2015.
Ênfase nos produtos gastronómicos, agrícolas e artesanais com o objetivo de incentivar as produções locais e o dinamismo económico neste espaço territorial.
Não perca a gastronomia, animação e debates alusivos à temática. No domingo de manhã efetue a caminhada "Pelos Caminhos da Aboboreira" e receba 1 cabaz de produtos locais (clique aqui para mais informação e inscrições).



(19.jun.2015, atualizado a 03.jul.2015)


HÁ FESTA NA ESCOLA AGRÍCOLA | 5 a 7 de junho de 2015




A EPAMAC, Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Marco de Canaveses, está a comemorar o 25º aniversário e este fim de semana, dias 5, 6 e 7 de junho partilha com o público em geral a iniciativa “Há festa na Escola Agrícola”.
Espetáculos equestres e musicais, uma feira rural e jogos tradicionais vão, entres outros, preencher estes 3 dias de atividades e animação. É igualmente uma boa oportunidade para conhecer melhor a Escola Agrícola.
Consulte o programa, coloque no seu GPS estes números 41.148475, -8.179458 e veja onde vai parar. Vale a pena!
Para dormir: tem, relativamente perto, a Casa de Campo, recentemente inaugurada, Paixão Ancestral.
(01.jun.2015)


encontro PATRIMÓNIO TURISMO E EMPREENDEDORISMO


Património Turismo e Empreendedorismo (PTE) é o tema de um encontro a realizar-se no próximo dia 22 de Maio, às 14:00 na Estalagem da Barragem, em Alpendorada, Marco de Canaveses.
O evento destina-se a promover uma reflexão sobre as potencialidades do nosso território, que, por estar situado nas proximidades das serras de Aboboreira, Marão e Montemuro e ser banhado pelo rios Tâmega e Douro, tem reconhecidamente condições que poderão ser aproveitadas para desenvolvimento local e para investimento.

No PTE abordar-se-ão questões como: QREN (Portugal 2020), o que poderá ser feito para valorizar as potencialidades do concelho? Como poderemos valorizar os recursos naturais sem esquecer o equilíbrio ambiental e a qualidade e vida? Quais as boas práticas no território? A raridade do espaço relativamente ao património natural e edificado será aproveitado para o desenvolvimento económico em que termos?

Promovem esta iniciativa a Câmara Municipal do Marco de Canaveses, a Junta de Freguesia de Alpendorada Várzea e Torrão e a Dolmen. A organização está a cargo do Projecto Caerus – CLDS+ e do Ginásio Clube de Alpendorada (GCA) e ainda contará com o apoio do jornal A Verdade.

Entidades convidadas: AHRESP | CCDRN | CM de Viana do Castelo | EPA | EPAMAC | EPCEP | DOLMEN | Nelo Kayaks

Programa
Painel 1 – Património Empreendedorismo e Desenvolvimento Local (o valor do património natural e histórico como fator de desenvolvimento local).
Painel 2 – Turismo, Empreendedorismo e Desenvolvimento Local
Painel 3 – Empreendedorismo – apoios e oportunidades (financiamento de projetos)

Terá lugar na Estalagem da Barragem em Alpendorada, no próximo dia 22 de Maio, 2015, com receção às 13h30.

Destinatários: Empresários, dirigentes locais, investidores, instituições e população.

Inscrições limitadas e obrigatórias. Confirme a presença através do endereço http://bit.ly/1GIoG67.

(18.mai.2015)


PROVERE | PROJETOS ABOBOREIRA ATIVA E ALDEIAS COM FUTURO


A Dolmen apresentou a parceiros e atores locais de relevo no território dois novos projetos de intervenção em espaços de montanha: o projeto “Aboboreira Ativa – Economias de Montanha”, que intervém na serra da Aboboreira, e o projeto “Aldeias com Futuro”, que incide em aldeias a elevada altitude nas serras da Aboboreira, Marão e Montemuro, permitindo no conjunto e pela complementaridade que suscita, um trabalho integrado de valorização e dinamização destes territórios.
Realizado na passada sexta feira, dia 8 de maio de 2015, a apresentação decorreu no Seminário “Aldeias do Douro Verde: Atividades de Futuro”, uma iniciativa organizada pela Dolmen, no âmbito destes dois projetos, cujas candidaturas foram recentemente aprovadas e decorreram da reprogramação financeira da Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE Paisagens Milenares do Douro Verde, em bolsa de overbooking do programa operacional ON2 – O Novo Norte.
Numa iniciativa bastante participada e cuja apresentação dos objetivos dos projetos esteve a cargo do Presidente da Dolmen, Telmo Pinto, e das equipas técnicas lideradas por Ricardo Bento, professor na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, no projeto “Aboboreira Ativa”, e por Rio Fernandes, professor na Universidade do Porto, no projeto “Aldeias com Futuro”, teve ainda a participação de Luís Ramos, especialista nas temáticas do desenvolvimento local. Houve lugar, também, à auscultação dos parceiros e atores locais, que serão tidos em conta nos estudos e propostas de intervenção resultantes dos projetos.
O projeto “Aboboreira Ativa – Economias de Montanha”, de intervenção na serra da Aboboreira, partilhada pelos concelhos de Amarante, Baião e Marco de Canaveses, pretende a dinamização económica, a promoção, a avaliação do potencial económico, a definição de uma estratégia de desenvolvimento que contrarie a tendência de abandono das populações destes espaços de baixa densidade e cativar os investidores para o desenvolvimento da economia de montanha, que na Aboboreira encontra elevado potencial, nomeadamente agropecuário, silvícola, florestal e turístico.
O projeto “Aldeias com Futuro” é um projeto-piloto de dinamização económica e social de aldeias a elevada altitude, situadas nas serras da Aboboreira, do Marão e de Montemuro, que pelas suas características, dados demográficos e socioeconómicos, permitam a criação de um modelo de intervenção sustentável e potenciador do desenvolvimento económico e social destas aldeias serranas.
(15.mai.2015)


AgroTalks | DESAFIOS E OPORTUNIDADES DA FILEIRA AGROALIMENTAR




Amarante recebe na próxima sexta-feira e sábado, 8 e 9 de maio, no Instituto Empresarial do Tâmega, o AgroTalks, um evento com diversos formatos de debate e informação (conferências, workshops, talks, networking, provas) com o intuito de refletir sobre os desafios e as oportunidades da fileira agroalimentar. Esta é uma iniciativa do Município de Amarante, Santa Casa da Misericórdia de Amarante, Dolmen e o projeto TEIA +.
Com este evento pretende-se dar a conhecer de perto casos de sucesso, aprofundar o conhecimento sobre linhas de financiamento, perceber os mecanismos de exportação e internacionalização, assim como adquirir mais competências em áreas de produção, transformação e comercialização.
Haverá, ainda, a degustação dos produtos de referência da nossa região.
Consulte o programa e/ou efetue a sua inscrição www.agrotalks.pt.
(04.mai.2015)


CANDIDATURAS AO PDR 2020


Foram renovadas, desde 01mai2015, as ações para jovens agricultores e investimentos na exploração agrícola para jovens agricultores, entre outras diversas ações vocacionadas para a produção, transformação e comercialização de produtos agrícolas.

Confira aqui:
- Ação 3.1.1 - Jovens Agricultores (anúncio PDR2020-311-002) com abertura em 01mai2015 00:00:00H e fecho a 31out2015 23:59:00H;
- Ação 3.2.1 - Investimento na exploração agrícola + Jovens Agricultores (anúncio PDR2020-321-004) com abertura em 01mai2015 00:00:00H e fecho a 31out2015 23:59:00H;

Outras ações:
-- Ação 3.2.2 - Pequenos Investimentos nas explorações agrícolas (anúncio PDR2020-322-001) com abertura em 23abr2015 00:00:00H e fecho a 31mai2015 23:59:59H;
-- Ação 3.3.2 - Pequenos Investimentos na Transformação e comercialização de produtos agrícolas (anúncio PDR2020-332-001) com abertura em 23abr2015 00:00:00H e fecho a 31mai2015 23:59:59H;
-- Ação 3.3.1 - Investimento Transformação e comercialização de produtos agrícolas (anúncio PDR2020-331-002) com abertura em 01jan2015 00:00:00H e fecho a 30jun2015 23:59:59H;
-- Ação 3.2.1 - Investimento na exploração agrícola (anúncio PDR2020-321-002) com abertura em 01jan2015 00:00:00H e fecho a 30jun2015 23:59:59H.
(01.mai.2015)


PRÉMIO TÂMEGA E SOUSA EMPREENDEDOR


A Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa instituiu o “Prémio Tâmega e Sousa Empreendedor – Onde as Ideias se Concretizam”, com 4 as categorias a concurso:
- Categoria 1 – IDEIAS INOVADORAS E CRIATIVAS
- Categoria 2 – NOVAS EMPRESAS INOVADORAS
- Categoria 3 – EMPRESAS DINÂMICAS
- Categoria 4 – TÂMEGA E SOUSA ÚNICO
Na Categoria Empresarial, além do acompanhamento de proximidade dos processos pelas entidades da Rede Tâmega e Sousa Empreendedor, da participação em suplemento a publicar nos órgãos de comunicação social (os selecionados) e da participação em campanhas de comunicação a promover pela Rede Tâmega e Sousa Empreendedor, foi instituído um incentivo monetário no valor de 4.999,00€ para o 1º classificado; 2.500,00€ para o 2º classificado e 1.000,00€ para o 3º classificado.
Já na Categoria Criativa, os 10 trabalhos finalistas irão constituir uma exposição itinerante pela região do Tâmega e Sousa, sendo ainda atribuído os prémios monetários de 3.000,00€ para o 1º classificado; 1.500,00€ para o 2º classificado e 1.000,00€ para o 3º classificado.
As candidaturas decorrem até 17 de abril.
(15.mar.2015, atualizado a 01.abr.2015)


FESTA DAS CAVACAS DE RESENDE | 22 de março de 2015


Mais uma vez a Dolmen associa-se ao município de Resende, celebrando as suas afamadas cavacas com uma grande festa da doçaria tradicional e música popular, junto a uma das mais belas paisagens da margem sul do rio Douro.
Produtores do concelho reúnem-se numa festa onde os visitantes têm a oportunidade única de recolher o resultado de séculos de receitas passadas de geração em geração e acompanhá-las com alguns dos vinhos dos produtores da região que também marcam presença nesta feira.
Esta iniciativa, apoiada no âmbito do PRODER (SP3 - Dinamização das zonas rurais), pretende valorizar um dos produtos mais tradicionais do concelho de Resende e de manifesta importância para o tecido económico local, atraindo visitantes para Caldas de Aregos e para a região.
Programa:
   11h00 - Abertura oficial da Feira
                Visita aos postos de venda
                Animação Musical
   12h30 - Concurso "Melhores Cavacas da Festa das Cavacas"
                Animação Musical
   17h30 - Entrega de certificados de participação aos produtores
   18h00 - Encerramento da Feira
(14.mar.2015)


DOLMEN APRESENTOU A "ESTRATÉGIA DLBC DOURO VERDE 2020" EM ASSEMBLEIA GERAL


Realizou-se, no passado dia 11 de fevereiro de 2015, a Assembleia Geral Extraordinária da Dolmen – Desenvolvimento Local e Regional com o intuito da aprovação da proposta Macro Estratégica de Desenvolvimento Local de Base Comunitária “Douro Verde 2020” – Um Território Inteligente, Inclusivo e Sustentável, da aprovação do seu território de atuação e da parceria, constituída por 65 entidades representativas dos vários setores de atividade e do território.
A Estratégia de Desenvolvimento Local (EDL) “Douro Verde 2020, no âmbito do DLBC, proposta pela Dolmen e aprovada por unanimidade por todos os cooperantes presentes, tem como visão um território inteligente, inclusivo e sustentável” pretendendo responder às principais fragilidades e necessidades do território, dos seus agentes e da comunidade em geral, alicerçando o seu plano de ação na valorização da identidade, do capital humano e dos principais recursos.
Num contexto de grande experiência e conhecimento do território – considerado o desempenho de coordenação e implementação de várias estratégias e projetos de desenvolvimento territorial – a EDL é estruturada numa abordagem integrada de desenvolvimento territorial, valorizando o cruzamento de diferentes políticas setoriais, escalas e interesses, promovendo o envolvimento de diferentes agentes públicos e privados.
Hoje, a Dolmen submeteu em candidatura esta macroestratégia no âmbito do concurso "Desenvolvimento Local de Base Comunitária - 1ªfase - Pré-qualificação".
(13.fev.2015)


SEMINÁRIO AGRICULTURA FAMILIAR E DESENVOLVIMENTO LOCAL | 28 NOVEMBRO | AUDITÓRIO MUNICIPAL


A Câmara Municipal de Marco de Canaveses, através do seu CLDS+ Marco de Canaveses - Caerus, em parceria com a Dolmen, CRL e a Confagri organizam no próximo dia 28 Novembro de 2014 entre as 9:30h e as 17:30h o Seminário "Agricultura Familiar e Desenvolvimento Local".
A iniciativa decorrerá no auditório municipal (junto à Câmara Municipal) e contará com representantes de organizações nacionais e regionais, bem como com promotores de projetos empresariais que, num contexto de partilha e abertura, abordarão assuntos como a agricultura familiar, os fundos comunitários, a política agrícola comum e a sustentabilidade do mundo rural.
O evento insere-se no âmbito do ANO INTERNACIONAL DA AGRICULTURA FAMILIAR. A entrada é livre e gratuita.
Participe e partilhe esta iniciativa de dinamização do setor agrícola do Marco de Canaveses. Consulte aqui o cartaz e o programa do seminário.
(27.nov.2014)


DOLMEN NA PORTUGAL AGRO, BALANÇO FINAL


Prosseguindo a estratégia de valorização dos recursos endógenos do Território Douro Verde, a Dolmen aceitou o desafio, colocado pela Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, no sentido de colaborar na organização e dinamização da presença da Região, na Portugal Agro - Feira Internacional das Regiões, da Agricultura e do Agro Alimentar, que decorreu de 20 a 23 de novembro, na FIL | Parque das Nações.
A sessão de inauguração da feira, contou com a presença da Exma. Sr.ª Ministra da Agricultura e do Mar, Dr.ª Assunção Cristas, que nos honrou com a sua presença, no lançamento do livro “Receitas e Sabores dos Territórios Rurais”, da iniciativa da Federação Minha Terra, desenvolvido em parceria com as associações de desenvolvimento local, no âmbito do projeto de cooperação “7 Maravilhas da Gastronomia”.
Esta foi uma oportunidade de promoção da região, e dos produtos de referência existentes no território, destacando-se naturalmente os vinhos verdes e espumantes, o fumeiro, a doçaria regional, o mel, as ervas aromáticas, a agropecuária, entre outros. A dinamização do espaço CIM-TS esteve sob a responsabilidade dos dois Grupos de Ação Local mais representativos da região, a Adersousa e a Dolmen, sendo que através da Dolmen, estiveram representados cerca de 60 produtores do setor agroalimentar e mais de 10 artesãos provenientes dos diversos municípios que integram o Douro Verde. (ver mais)
(27.nov.2014)


DOLMEN NA PORTUGAL AGRO, DE 20 A 23 DE NOVEMBRO


Entre 20 e 23 de novembro, decorre na FIL | Parque das Nações, a Portugal Agro, Feira Internacional das Regiões, da Agricultura e do Agro Alimentar.
Prosseguindo a estratégia de valorização dos recursos endógenos do território, a Dolmen estará presente nesta Feira, estando integrada no espaço da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, no Pavilhão das Regiões.
Ao longo do evento propiciaremos momentos de degustação dos produtos de referência do Território Douro Verde, de acordo com a seguinte programação:
. Sabores do Douro Verde: Amarante, dia 20 | 16h30-18h30m | Stand Dolmen
. Sabores do Douro Verde: Baião, dia 21 | 16h30-18h30m | Stand Dolmen
. Sabores do Douro Verde: Cinfães, dia 22 | 15h-17h | Stand Dolmen
. Sabores do Douro Verde: Marco de Canaveses, dia 22 | 17h30m-19h30m | Stand Dolmen
. Sabores do Douro Verde: Resende, dia 23 | 16h-18h | Stand Dolmen
. Vinhos do Douro Verde: dia 22 | 12h-14h | Espaço Gastronomia Viva
. Showcooking, Dia 22 | 12h-14h | Espaço Gastronomia Viva | Pavilhão 3
    Floresta Viva - Cogumelos da Floresta Viva com o Chef Hernâni Ermida
    Restaurante Pensão Borges | Restaurante de Tormes da Fundação Eça de Queiroz
     Sabores e Tradições de Baião e do Douro Verde: Bazulaque (açorda de miúdos de anho);
     Pastelão de Salpicão; Lombo de Porco em Vinha d'Alhos; Peixinhos da Horta e
     Creme de Água Queimado.
Consulte aqui a programação completa e visite-nos.
(17.nov.2014, atualizado a 20.nov.2014)


ABERTURA DE CANDIDATURAS AO PDR 2020


A Autoridade de Gestão do PDR 2020 - Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para 2014-2020, iniciou o período de apresentação de candidaturas da Ação 3.2.1 – «Investimento na exploração agrícola» e da Ação 3.3.1 - «Investimento na transformação e comercialização de produtos agrícolas».
A submissão de candidaturas iniciou no período de 15 de novembro a 31 de dezembro de 2014 e decorre nova fase entre 01 de janeiro e 30 de junho de 2015 no Balcão 2020.
(17.nov.2014, atualizado a 01.jan.2015)


DOLMEN APRESENTOU O LIVRO “PAISAGENS MILENARES DO DOURO VERDE”


No passado dia 17 de Outubro a Dolmen apresentou em Tongobriga, Marco de Canaveses, uma publicação sua, a obra “Paisagens Milenares do Douro Verde, da autoria do Prof. Lino Tavares Dias, arqueólogo e historiador, constituindo-se esta apresentação num passo importante para a afirmação do Douro Verde enquanto território, e da “Paisagens Milenares do Douro Verde”, enquanto conceito base da estratégia de desenvolvimento deste mesmo território.
Contanto com a presença de representantes dos municípios do Douro Verde – Amarante, Baião, Cinfães, Marco de Canaveses, Penafiel e Resende -, da CCDR-N e da CIM Tâmega e Sousa, a Dolmen apresentou o conceito das Paisagens Milenares do Douro Verde, agora em forma de livro, materializando assim o conceito que está subjacente à visão do território que vem sendo implementada pela Dolmen e pelos municípios, mas também por empresários, promotores turísticos e associações que trabalham no território, e que surgiu no âmbito da Estratégia de Eficiência Coletiva “ Paisagens Milenares do Douro Verde”, reconhecida formalmente por despacho interministerial em julho de 2009, enquadrada no Programa de Valorização Económica dos Recursos Endógenos, do ON.2, sendo a Dolmen a entidade gestora.
Resultado da observação do território de caráter diverso, da sua paisagem também diversa, e do trabalho que o autor, Lino Tavares Dias, tem desenvolvido no Douro Verde ao longo dos últimos 30 anos, e refletindo a ocupação deste território pelo homem ao longo dos últimos 5000 anos, e que deixou marcas que o distinguem e são identificáveis no planalto dolménico da Aboboreira e Montemuro, nos castros, na ocupação romana, nos conventos, nas casas senhoriais, e por fim, no caminho-de-ferro.
“O que se pede também àqueles que tiverem o privilégio de ler este livro é que sejam mediadores da sua principal mensagem, em duas direções: junto de outros e novos leitores de dentro e de fora do território, e junto daqueles que, por razões diversas, não sendo “leitores” se possam rever na identidade das paisagens milenares.”, lê-se no prefácio.
A presente publicação foi editada no âmbito do Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos – PROVERE – e constitui-se como uma proposta de observação da Paisagem, assumindo-se esta, como recurso endógeno, potenciador do aumento da atratividade do Território Douro Verde e estará disponível nas bibliotecas municipais da região, operadores turísticos e escolas secundárias.
(23.out.2014)

Dolmen: Espaço Douro & Tâmega em Amarante recebeu mais de 4.000 visitantes em dois meses
Desde a sua inauguração a 3 de Julho até ao presente dia, o Espaço Douro & Tâmega, localizado na Casa da Calçada em Amarante, recebeu mais de 4000 visitantes, assumindo-se como um local privilegiado para o contacto com a região do Douro Verde e entrando nas rotas dos turistas e visitantes da região, dos nacionais e dos estrangeiros.
Em pouco mais de dois meses, o Espaço Douro & Tâmega, em Amarante, cumpriu a expectativa gerada em seu torno, constituindo-se como um local determinante de apoio aos visitantes e turistas que procuram Amarante e a região do Douro Verde, permitindo a quem o visita conhecer o que o território tem para oferecer, entre monumentos, natureza e gastronomia, e estabelecer os circuitos que levam os turistas aos diferentes concelhos que formam o Douro Verde.
De destacar que entre os mais de 4.000 visitantes do Espaço Douro & Tâmega, os turistas nacionais representam 62% do total, enquanto os estrangeiros representam 38%. Entre estes últimos destacam-se os turistas franceses, correspondentes a 14% do total de visitantes, seguidos dos espanhóis e dos ingleses, que representam respetivamente 6% e 5% do total de visitantes, sendo ainda de assinalar o número de visitantes brasileiros, alemães e norte-americanos. De registar ainda, entre os visitantes estrangeiros, o maior número destes em Setembro, comparativamente com o mês de Julho.
O Espaço Douro & Tâmega constituído por um Centro de Interpretação do Douro Verde, um Centro de Informação da Rota do Românico e um espaço para a divulgação e venda dos produtos locais e regionais, tem-se ainda caracterizado por ser um local de dinamização das atividades económicas da região, nomeadamente com a degustação e apresentação de vinhos, de cerveja artesanal local e mel, que decorreram desde a abertura do espaço em Julho, e também por acolher atividades de cariz cultural, recebendo uma exposição de pintura. No próximo domingo, dia 21 de Agosto, pelas 18.30 horas, acolherá o evento, “Um Monumento, um Concerto”, com a Ensemble Vocal de Freamunde, inserido na iniciativa Palcos do Românico, da Rota do Românico, com entrada gratuita.
(17.set.2014)

Serão “Por Montanhas e vales: Qualidade ambiental, termalismo e desenvolvimento”
Após cinco sessões dos Serões de Aldeia realizadas nos concelhos de Amarante, Baião, Cinfães, Marco de Canaveses e Penafiel, decorreu no passado dia 3 de Julho, na Quinta do Outeiro, em Anreade, Resende, a sexta e última sessão, com o tema “Por montanhas e vales: Qualidade ambiental, termalismo e desenvolvimento”.
A discussão sobre a governação, as oportunidades e os desafios dos territórios rurais, tendo como horizonte a programação dos próximos fundos comunitários e o desenvolvimento do Território Douro Verde, foi uma vez mais o motivo para, num contexto informal, cruzar conhecimentos internos e exteriores à região, ou como mais à frente chamou um dos intervenientes, a “ecologia dos saberes”, ou seja, o cruzamento dos saberes académicos com os saberes não académicos. Como oradores, o serão contou com: Luís Ramos, deputado da Assembleia da República e académico da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), Helena Madureira, da Universidade do Porto, Suzan Fartaj, das Termas de Caldas de Arêgos, João Luís Fernandes, da Universidade de Coimbra e Regina Pinto, da Escola Profissional de Cinfães.
(15.jul.2014)

Dolmen inaugurou em Amarante o Espaço Douro & Tâmega

“Neste espaço podemos encontrar o que de melhor a região tem.”. Foi com estas palavras que Telmo Pinto, Presidente da Direção da Dolmen, marcou o momento de inauguração do Espaço Douro & Tâmega, em Amarante, no passado dia 3 de Julho, um espaço constituído de um centro interpretativo e promocional do território do Douro Verde.
Com a região bem representada, num evento em que marcaram presença os presidentes de câmara de Amarante, José luís Gaspar, Baião, José Luís Carneiro, Marco de Canaveses, Manuel Moreira, e Resende, Garcez Trindade, os vice-presidentes de Cinfães, Serafim Rodrigues, e Penafiel, Susana Oliveira, bem como o presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal, Melchior Moreira, e a coordenadora da Rota do Românico, Rosário Machado, a abertura deste espaço constituiu um marco importante para a região, potenciador dos recursos turísticos e culturais do território do Douro Verdes, o espaço distingue-se pela lógica de complementaridade e rede, lógica essa que acabou por marcar os discursos dos representantes do municípios, Turismo do Porto e Norte de Portugal e Rota do Românico.
Com uma abordagem do território como um todo, e informação relativa aos concelhos de Amarante, Baião, Cinfães, Marco de Canaveses, Penafiel e Resende, que compõem o Douro Verde, será possível conhecer no centro interpretativo as suas características específicas e aquilo que a região tem para oferecer. A loja apresentará a variedade dos produtos locais, e vão do artesanato aos produtos regionais da doçaria, do fumeiro, o mel e as compotas, e o destaque ao Vinho Verde. Estando o espaço dividido em dois andares, o piso superior alberga um centro de informação da Rota do Românico, com o objetivo de divulgar e fornecer informação sobre o conjunto de monumentos que o integram e este estilo arquitetónico marcante da paisagem da região.
No Espaço Douro & Tâmega estarão igualmente instalados serviços técnicos da Dolmen, na lógica da aproximação às pessoas, aos promotores e aos investidores do território, estando composto ainda de uma área para auditório que servirá a realização de conferências, formação, promoção e divulgação de produtos, atribuindo assim um maior caráter de multifuncionalidade ao Espaço Douro & Tâmega, que se constituiu num marco estratégico da afirmação do território do Douro Verde aos níveis local, regional e nacional.
(07.jul.2014)

Serão “Núcleos populacionais em meio rural: Formas, saberes e valores”
Prosseguindo o processo de auscultação dos agentes do território, cruzados com os saberes académicos, para a elaboração da estratégia do desenvolvimento do TDV (Território Douro Verde), no período de programação de 2014-2020 dos próximos fundos comunitários, a Dolmen, a 26 de junho, em colaboração com a sua congénere Adersousa, das Terras do Sousa, juntou na Aldeia de Quintandona atores do território, especialistas e a experiência das boas-práticas para discutir os “Núcleos Populacionais em meio rural: Formas, saberes e valores». A discussão sobre a governação, as oportunidades e os desafios dos territórios rurais, tendo como horizonte a programação dos próximos fundos comunitários e o desenvolvimento do TDV, foi uma vez mais o mote para, num contexto informal, cruzar conhecimentos internos e exteriores à região.
Novamente a discussão sobre a governação, as oportunidades e os desafios dos territórios rurais centrou as questões que o tema dos núcleos populacionais rurais levantam, e para apresentar diferentes perspetivas e experiências foram convidados: Angel Miramontes, da Universidade de Santiago de Compostela, Carla Melo, da Quartenaire, empresa de consultoria que colaborou com a A.T.A. – Associação de Turismo de Aldeia, entidade responsável pelo projeto Aldeias de Portugal, que interveio na Aldeia de Quintandona, bem como em diversas outras espalhadas pelo território do Douro Verde, e do Norte de Portugal, e Belmiro Barbosa Pereira, da Associação de Desenvolvimento de Quintandona, e ex-presidente da Junta de Freguesia de Lagares, Penafiel. (01.jul.2014)

Serão “Agricultura e raças autóctones: A ruralidade resiste, alterando-se”
Num ambiente de empreendedorismo e iniciativa agroturística no mundo rural, pela quarta vez, e com um novo tema, a Dolmen juntou, a 19 de Junho, na Feitoria dos Becos, em Paços de Gaiolo, Marco de Canaveses os saberes académicos, responsáveis institucionais e os atores. A discussão sobre a governação, as oportunidades e os desafios dos territórios rurais, tendo como horizonte a programação dos próximos fundos comunitários e o desenvolvimento do Território Douro Verde, foi uma vez mais o mote para, num contexto informal, cruzar conhecimentos internos e exteriores à região.
A agropecuária foi a temática - “Agricultura e raças autóctones: A ruralidade resiste, alterando-se.”-, trazendo à mesa da discussão, José Rocha Fernandes, da DRAPN (Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte), Susana Oliveira, vereadora da Câmara Municipal de Penafiel, João Gonçalves, diretor da EPAMAC (Escola Profissional de Agricultura do Marco de Canaveses, aos quais se juntaram Fernando Moreira, Presidente da ANCRA (Associação Nacional de Criadores da Raça Arouquesa), empresários da agropecuária, especialistas nos temas, responsáveis políticos e dirigentes associativos.
(24.jun.2014)

Serão “O rural é mais do que a agricultura: Cultura, turismo, cidades e tudo o mais”
Na margem sul do Rio Douro, a sessão dos Serões de Aldeia, que decorreu no dia 5 de Junho de 2014, no Hotel de Porto Antigo, em Cinfães, esteve à mesa a discussão “O rural é mais do que a agricultura:Cultura, turismo, cidades e tudo o mais.”
Os oradores foram: Melchior Moreira (Presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal), Jorge Umbelino (Escola Superior de Turismo do Estoril), Rosário Machado (Rota do Românico) e José Eduardo Lopes (Hotel Porto Antigo, Cinfães).
Saudando os convidados, o Presidente da Câmara Municipal de Cinfães, Armando Mourisco, reconheceu a valia desta iniciativa e agradeceu à Dolmen o trabalho que tem desenvolvido num território que é de interior. Salientando as questões da governação dos territórios, afirmou: “Nós de territórios desfavorecidos, nós da região que temos dos piores índices de rendimento per capita do país, nós da região que temos das mais altas taxas de desemprego, mas também temos o potencial. (…) Temos que perceber definitivamente que todos juntos podemos ser fortes, todos juntos podemos ter uma voz, e é esse o desafio que na minha opinião é lançado a este território, o desafio da governabilidade.”
(6.jun.2014)

Serão “O campo chega ao mercado: transformação, certificação e distribuição”
No dia 29 de Maio de 2014, aquele que será o espaço para o novo restaurante da Fundação Eça de Queiroz, na Casa de Tormes, Baião acolheu a segunda sessão da IV Edição dos Serões de Aldeia. A discussão sobre a governação, as oportunidades e os desafios dos territórios rurais, tendo como horizonte a programação dos próximos fundos comunitários e o desenvolvimento do Território Douro Verde, foi o mote para, num contexto informal, cruzar conhecimentos exteriores à região, com os que existem no seu interior, assim como promover o encontro de saberes académicos, responsabilidades institucionais e sensibilidades que apenas os atores locais detêm.
“O campo chega ao mercado: transformação, certificação e distribuição” foi o tema que, em Tormes juntou como principais oradores Artur Cristóvão, da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Mário Rui Silva (Universidade do Porto), Mário Araújo e Silva, da DRAPN (Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte) e Joaquim Ribeiro (Douro Palace Hotel e AHRESP) e contou com a participação dos presidentes de câmara da região, presidentes das assembleias municipais, outros responsáveis políticos, académicos e técnicos do desenvolvimento local.
(30.mai.2014)

Serão "Ruralidade 2020: Oportunidades, necessidades e desafios de governança" | Dolmen discutiu em Ôlo a estratégia para o Douro Verde até 2020...
Na passada quinta feira, dia 15 de Maio, a Quinta da Pousadela, em Ôlo, Amarante, acolheu a primeira sessão da IV Edição dos Serões de Aldeia, e serviu de espaço para a discussão sobre a governação, as oportunidades e os desafios dos territórios rurais, tendo como horizonte a programação dos próximos fundos comunitários e o desenvolvimento do Território Douro Verde.
Este ciclo de Serões de Aldeia, é o primeiro passo na definição da estratégia de desenvolvimento local para o Douro Verde até 2020, e visa auscultar os interlocutores e decisores locais.
Esta iniciativa teve como principais oradores Ouriol Juvé, diretor da Casa da Calçada, Ana Paula Xavier, da Adriminho e da Federação Minha Terra, Rubén Lois, da Universidade de Santiago de Compostela, Manuel José Serra de Sousa Cardoso, da DRAPN (Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte) e o presidente da CCDRN (Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte), Emídio Gomes, tendo sido moderado pelo Prof. Rio Fernandes, da Universidade do Porto, e contou com a participação dos presidentes de Câmara de Amarante, Baião, Cinfães, Marco de Canaveses e Resende, o Presidente da Assembleia Municipal de Amarante, diversos representantes dos executivos municipais, dirigentes do Ministério da Agricultura, académicos e técnicos do desenvolvimento local.
(16.mai.2014)

Dolmen promove a IV Edição dos Serões de Aldeia
Tendo como tema a «Ruralidade 2020: Oportunidades, necessidades e desafios de governança.», a Dolmen organiza hoje, dia 15 de Maio a primeira sessão da IV Edição dos Serões da Aldeia, numa iniciativa que terá como principais intervenientes Emídio Gomes (Presidente da CCDR-N), Rubén Lois Gonzales (Universidade de Santiago de Compostela), Ana Paula Xavier (Adriminho|Federação Minha Terra) e Ouriol Juvé (Casa da Calçada, Amarante).
«Às quintas. Entre rios», é o nome dado ao conjunto de iniciativas que durante as próximas quintas-feiras, levará a seis aldeias do território de intervenção da Dolmen, o Douro Verde, a discussão entre académicos, responsáveis institucionais e os atores locais, da estratégia que estará subjacente à gestão das iniciativas que visam o desenvolvimento local, bem como dos fundos comunitários para o período de programação 2014-2020, sendo portanto da maior relevância para o território.
Assim, a primeira sessão realiza-se em Ôlo, Amarante, na Quinta da Pousadela, estando as restantes já agendadas:
- 29 de Maio | «O campo chega ao mercado: Transformação, certificação e distribuição.» | Fundação Eça de Queiroz, Baião. Convidados: Artur Cristóvão (Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro), Mário Rui Silva (Universidade do Porto), Manuel José Serra de Sousa Cardoso (DRAPN) e Joaquim Ribeiro (Douro Palace Hotel | AHRESP);
- 5 de Junho | «O rural é mais do que agricultura: Cultura, turismo, cidades e tudo o mais.» | Hotel Porto Antigo, Cinfães. Convidados: Melchior Moreira (Turismo Porto Norte de Portugal), Jorge Umbelino (Escola Superior de Turismo Estoril), Rosário Machado (Rota do Românico), José Eduardo Lopes (Hotel Porto Antigo, Cinfães);
- 19 de Junho | « Agricultura e raças autóctones: A ruralidade resiste, alterando-se.» | Feitoria dos Becos – Paredes de Viadores, Marco de Canaveses. Convidados: Luís Ramos (Univ. Trás-os-Montes e Alto Douro), Rocha Fernandes (DRAPN), Susana Oliveira (CM Penafiel) e João Gonçalves (EPAMAC - Marco de Canaveses);
- 26 de Junho | «Núcleos populacionais em meio rural: Formas, saberes e valores.» | Casa do Xinê, Aldeia de Quintandona, Lagares, Penafiel. Convidados: Paulo Carvalho (Univ. Coimbra | Aldeias de Xisto), Angel Miramontes (Univ. Santiago de Compostela), Carla Melo (Quartenaire | Aldeias de Portugal) e Belmiro B. Pereira (Assoc. Desenv. Quintandona);
- 3 de Julho | «Por Montanhas e vales: Qualidade ambiental, termalismo e desenvolvimento.» | Quinta do Outeiro Anreade, Resende. Convidados: João Luís Fernandes (Universidade de Coimbra), Helena Madureira (Universidade do Porto), Susan Fartaj (Termas de Caldas de Arêgos) e Regina Pinto (Escola Profissional de Cinfães).
(15.mai.2014)

Dolmen promove a Semana do Desenvolvimento Local no Douro Verde

Entre 5 e 11 de Maio, a Dolmen, em conjunto com outras nove associações de desenvolvimento local e a Federação Minha Terra, desenvolverão por todo o país, um vasto número de iniciativas que visam mostrar a diversidade das intervenções realizadas em espaço rural.
Com um amplo e diversificado conjunto de iniciativas, dentro da diversidade de intervenção da Dolmen, durante uma semana o território do Douro Verde, que corresponde aos territórios de Amarante, Baião, Cinfães, Marco de Canaveses, Penafiel e Resende, será palco para a apresentação da promoção e divulgação do trabalho em prol do desenvolvimento local, nomeadamente o realizado em espaço rural, em áreas como o turismo, a formação, o apoio ao empreendedorismo e à capacitação da gestão, a qualificação do património e a promoção dos produtos locais.
(30.abr.2014)

Seminário Atividade Agrícola: requisitos legais/fiscais
A Dolmen, a Ader-Sousa e a Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte, enquanto elementos responsáveis pela Fileira da Agricultura e Desenvolvimento da Agenda Regional para a Empregabilidade - Pacto Territorial para a Empregabilidade do Tâmega e Sousa, vão promover o Seminário "Atividade Agrícola: requisitos legais/fiscais", que decorrerá no próximo dia 25, segunda feira, no Auditório do Museu Municipal de Penafiel, entre as 9h15 e as 13h00.

Enquadramento:
Foi assinado, em 2010, em Lousada, o Pacto Territorial para a Empregabilidade do Tâmega e Sousa (Agenda Regional para a Empregabilidade/Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa), o qual abrange os 12 municípios que constituem a CIM e visa, através do desenvolvimento de processos de concertação à escala supramunicipal participados pelos principais atores representativos do território em questão (órgãos de governação regional e local, da formação, educação e emprego, do tecido económico e do sistema de ciência e tecnologia, etc.), promover a definição, implementação e monitorização de Planos de Ação para a Empregabilidade do Tâmega e Sousa.
Pretende-se definir a estratégia mais adequada para o respetivo mercado de emprego, especificando, também, os principais projetos e ações a desenvolver que contribuam para melhorar a adequação entre a oferta de ensino e formação e as necessidades, oportunidades e riscos efetivos que emergem do diagnóstico prospetivo.
Este projeto integra várias fileiras, designadamente, Património Cultural e Turismo, Agricultura e Desenvolvimento Rural, Associações Empresariais, Educação e Formação, Comércio, Construção Civil, Design e Moda, Florestas e Redes Sociais, tendo sido constituídos vários grupos de trabalho, com o objetivo de ser desenvolvida, em rede, uma estratégia que enalteça as potencialidades da região, por forma a fazermos face à atual conjuntura económica.
Relativamente à fileira “Agricultura e Desenvolvimento Rural” apenas no final do ano passado foi promovida uma reunião para iniciar o seu processo de dinamização, tendo ficado designadas a Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte, a Dolmen e a Ader-Sousa como entidades responsáveis pela animação e concretização do respetivo grupo de trabalho.
A fileira “Agricultura e Desenvolvimento Rural” irá debruçar-se principalmente sobre as questões da produção, transformação e comercialização dos produtos agrícolas, não deixando no entanto de perspetivar atividades económicas complementares passíveis de serem desenvolvidas nas explorações agrícolas.
A missão deste grupo de trabalho é fazer um ponto de situação da agricultura e desenvolvimento rural no Tâmega e Sousa, numa perspetiva daquilo que pode ser feito, principalmente através de pequenas ações, para que possa ser renovada e volte a ter impacto económico relevante, tendo como premissa o estabelecimento de redes entre os agentes com influência no sector.
(20.Mar.2013)

Prémio Rural Criativo | ADL's do Norte lançam Prémio Rural Criativo
Por forma a estimular o empreendedorismo criativo a Rede Rural Criativa, criada por nove associações de desenvolvimento local da região norte de Portugal, apoiada pelo Programa para a Rede Rural Nacional, lançou o PRÉMIO RURAL CRIATIVO.
As candidaturas deverão ser submetidas até às 24 horas do dia 26 de Abril (prazo prorrogado), através de correio electrónico, para info@ruralcriativa.net, do formulário e respetiva documentação.
Este prémio visa distinguir, promover e apoiar novas ideias de negócio e projetos inovadores na área das indústrias culturais e criativas, viáveis do ponto de vista económico e financeiro e suscetíveis de contribuir para a criação de valor e de emprego nas zonas rurais de intervenção das nove ADL´s.
Os projetos deverão inserir-se no âmbito das indústrias e do turismo culturais e criativos e ser candidatados por cidadãos com mais de 18 anos, de forma individual ou em grupo, bem como pequenas e microempresas em fase de criação ou expansão, sedeadas ou a sedear nas zonas de intervenção das ADL’s que integram a Rede Rural Criativa.
A atribuição do Prémio Rural Criativo será decidida por um júri independente constituído por um representante da Parceria, um representante da Rede Rural Nacional e um representante da ADDICT – Agência para o Desenvolvimento das Indústrias Criativas que distingue o candidato que apresentar a melhor ideia de negócio, ocorrendo a divulgação do projeto vencedor no dia 8 de Maio de 2013.
O que ganha? Reconhecimento, prestígio, incentivo e um prémio simbólico de 2.500,00 euros.
Saiba tudo no regulamento do Prémio Rural Criativa disponível no site da Rural Criativa.
A Rede Rural Criativa surge no âmbito do projeto Industrias Culturais e Criativas em Espaço Rural - ICCER, apoiado pelo Programa para a Rede Rural Nacional (PRRN) e integra as seguintes entidades: DOLMEN, ADER-SOUSA, ADRIMINHO, ADRIL, ADRIMAG,ADRITEM, ATAHCA, SOL DO AVE e PROBASTO.

(19.Mar.2013, atualizado a 15.abril.2013)

Seminário | Oportunidades de Investimento em Moçambique
Moçambique é um País “residente” da África Austral, tendo uma superfície aproximada de 800.000 kms, e com uma população estimada em 22.000.000 de habitantes.
Possui uma costa com cerca de 2.800 kms parametrizada entre o Rio Rovuma e a província de Maputo.
Moçambique, após o acordo de paz, ocorrido em Outubro de 1994, tem vindo a crescer de forma sustentada, sendo atualmente o País com maior crescimento económico em todo o continente africano, e o sexto a nível mundial.
A este crescimento não é alheio de forma alguma, o potencial existente no País, o qual, tem vindo a aguçar o interesse de imensos investidores estrangeiros, que têm aportado a Moçambique nesta última década.
Estes têm escolhido para a sua intervenção, entre outras, as seguintes áreas:
Construção civil, obras públicas, recursos minerais - onde avultam presentemente, o carvão, o gás e mais recentemente o petróleo - o turismo – visto numa dupla perspetiva, onde se inserem os parques naturais, vocacionados para as vertentes ecológica, aventura e safaris - a agricultura nas suas múltiplas vertentes – não esquecer que Moçambique possui 36.000,000 de ha de terra arável, sendo que, estão tão só, a serem utilizados cerca de 10% -, o processamento agroindustrial, a criação de gado, a avicultura, as pescas, os transportes rodoviários (passageiros e mercadorias), os serviços - onde avultam pela sua importância económica a industria hoteleira e a restauração -, e, o ensino profissionalizante, são entre muitas, as áreas de maior interesse para o investidor estrangeiro.
Em virtude destas premissas,
Vai-se realizar no próximo dia 19 de Janeiro pelas 15,30, um seminário, subordinado ao tema

“OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO EM MOÇAMBIQUE”,

Que terá lugar na cidade do Marco de Canaveses, no Auditório Municipal da respetiva Câmara.
Este evento conta com os apoios institucionais:
DOLMEM – COOPERATIVA DE FORMAÇÃO, EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO BAIXO TÂMEGA CRL – e,
CÂMARA MUNICIPAL DO MARCO DE CANAVESES.
Serão abordados vários temas sobre a realidade atual de Moçambique, assim como, as oportunidades de negócios neste País.
Vão estar presentes as seguinte entidades oficiais:
1 – Presidente da Câmara Municipal do Marco de Canaveses – DR. MANUEL MOREIRA
2 – Cônsul de Moçambique na cidade do Porto – DR. ARNALDO GASPAR NHABINDE
3 – Presidente da Direção da Dolmen – DR. TELMO PINTO


(10.Janeiro.2013)

IV Festival Máscara Ibérica
A Dolmen estará presente no IV Festival Máscara Ibérica em Zamora entre 20 e 23 de Setembro. Será esta mais uma oportunidade para promover o potencial turístico do Território Douro-Verde, em toda a sua plenitude: património natural, património cultural, vinhos, gastronomia, artesanato, destinos turísticos…
(12.Set.2012)

Douro Bike Race no território Douro Verde
Douro Bike Race (DBR) é um desafio a todos os praticantes de BTT que gostam da natureza no seu estado mais puro. A prova, a decorrer entre os dias 13 e 16 de Setembro, irá desenrolar-se em 3 serras míticas – Aboboreira, Marão e Alvão, que pelas suas características são bastante propícias para desportos de aventura, nomeadamente o BTT.
Trata-se de um evento com cerca de 600 participantes oriundos de diversos países, constituindo-se como mais uma oportunidade de promoção do potencial turístico do Douro-Verde.
Para mais informações pode consultar o site Douro Bike Race.
(12.Set.2012)

DOLMEN | Novas instalações no Marco, com Centro de Promoção de Produtos Locais
Foram inauguradas no passado Sábado (26.Mai.2012) as novas instalações da Dolmen – Cooperativa de Formação, Educação e Desenvolvimento do Baixo Tâmega, em Marco de Canaveses, onde para além da sede e da Equipa Técnica, funcionará um Centro de Promoção de Produtos Locais.
Considerando o seu objeto social, é missão da Dolmen o desenvolvimento integrado do território (circunscrito aos concelhos de Amarante, Baião, Marco de Canaveses, e ainda algumas freguesias do concelho de Penafiel, Resende e Cinfães). Para tal a Dolmen enquanto gestora do subprograma 3 do Proder vocacionado para a dinamização das zonas rurais, apoia a diversificação da economia ao nível da exploração agrícola; a criação e desenvolvimento de micro empresas e o desenvolvimento de atividades turísticas e de lazer, contribuindo deste modo para a criação de emprego. Para além disso apoia ainda iniciativas que promovam a melhoria da qualidade de vida das populações através da valorização do património, assegurando em simultâneo os serviços básicos às populações. No fundo pretende-se tornar este espaço territorial atrativo, competitivo e solidário.
É nesta filosofia que surge este Centro de Promoção que mais que um espaço de exposição e venda dos diversos produtos de qualidade existentes na região, como vinhos e espumantes, doces regionais, fumeiro, compotas, mel, ervas aromáticas ou ainda artesanato diverso como cestaria, bordados, bengalas, escultura em pedra, latoaria e cerâmica, pretende ser uma montra do território, onde se promoverá de uma forma integrada os recursos endógenos, que vão para lá dos sabores, saberes e valores, só transmissível a quem nos visita, pela experiência que daqui levam, em termos de fruição do património natural e cultural existente.
Marcaram presença neste evento entre outras individualidades, o Presidente da Câmara Municipal de Marco de Canaveses e o Presidente da Câmara Municipal Baião, tendo sido referida a relevância desta iniciativa para o impulso económico da região.
(28.Maio.2012)



PROVE | Núcleo de Amarante arranca já no dia 2 de Setembro
Na próxima sexta-feira, dia 2 de Setembro de 2011, entre as 17H30 e as 19H30, vai realizar-se a primeira entrega de cabazes PROVE em Amarante.
Graças à estreita colaboração entre a Dolmen e a Associação Viver Canadelo foi possível juntar um grupo de pequenos agricultores, fazendo chegar produtos hortofrutícolas frescos e de qualidade à população de Amarante. Por outro lado, esta metodologia possibilita o escoamento de produtos desses produtores agrícolas.
O cabaz inclui um vasto conjunto de frutas e legumes e o seu preço varia entre 7,00€ (cabaz pequeno – 5 a 7 Kg) e 9,00€ (cabaz normal – 7 a 9 Kg).
A entrega dos cabazes acontecerá todas as sextas-feiras nas instalações da Junta de Freguesia da Madalena, em Amarante.
Faça já a sua inscrição!

Candidaturas à medida 3.1 do PRODER | Prorrogação de prazo
O Órgão de Gestão da Dolmen, com a validação da Autoridade de Gestão do PRODER, decidiu prorrogar o prazo para a apresentação de candidaturas à Medida 3.1 por mais uma semana. Desta forma, estas candidaturas terão de dar entrada impreterivelmente até às 16 horas do dia 20.Junho.2011, através do envio do formulário em formato digital (ficheiro do excel) pelo e-mail dolmen@sapo.pt.
(13.Junho.2011)

8ª Feira do Mundo Rural | Quinta de Bonjoia
A Dolmen – Cooperativa de Formação, Educação e Desenvolvimento do Baixo Tâmega participa na 8ª Feira do Mundo Rural que se inicia hoje na Quinta da Bonjóia, no Porto e decorre até Domingo, dia 12 de Junho.
A participação da Dolmen nesta iniciativa tem como principal objectivo a divulgação do projecto PROVE – Promover e Vender, já que os frutos e hortícolas exemplificam o que de melhor há no “Douro Verde”. No espaço da Dolmen, referenciado como “PRODUTOS DOURO VERDE - PROVE QUE É BOM!” estarão sempre representados os cabazes PROVE do “Douro Verde”.
O artesanato e os vinhos verdes da região afirmam também a sua presença e ajudam a decorar o espaço.
Para mais informações veja a página da Quinta de Bonjoia.
(09.Junho.2011)

PACA | Feira das Colectividades e Festival do Anho Assado
Nos próximos dias 27, 28 e 29 (Maio) acontece a Feira das Colectividades e Festival do Anho Assado no Largo da Feira em Marco de Canaveses, evento promovido pela Dolmen em articulação com a Câmara Municipal, no âmbito do PACA – Plano de Aquisição de Competências e Animação, ACÇÃO 21 - Desenvolvimento de iniciativas de promoção turística integrada do potencial endógeno do "Douro Verde".
(clique na imagem para consultar o programa).

(ver outros eventos apoiados pelo PACA)
(23.Maio.2011)



LIMPAR PORTUGAL | Acção de Prevenção de Incendios Florestais (PIF) em Montedeiras
É já no próximo dia 16.Abril.2011 (próximo Sábado) que decorre na nossa Serra de Montedeiras uma acção de Prevenção de Incêndios Florestais.
Voluntários do Projecto Limpar Portugal / agora AMO PORTUGAL-Mãos à Obra, ofereceram colaboração ao Comando Distrital da Protecção Civil, com vista a, de alguma forma, ajudar os Bombeiros e também a salvar a nossa Floresta.
Para se associar a este movimento ou simplesmente participar nesta acção concreta basta comparecer junto à ponte de Marco de Canaveses às 9 horas. Para mais informação consulte o site oficial dos Voluntários Limpar Portugal.
(13.Abril.2011)

PACA – FESTA DAS CAVACAS 2011
No próximo Domingo, dia 10 de Abril decorre em Resende a Festa das Cavacas, mais um evento promovido pela Dolmen, no âmbito do PACA – Plano de Aquisição de Competências e Animação, ACÇÃO 21 - Desenvolvimento de iniciativas de promoção turística integrada do potencial endógeno do "Douro Verde".

Talvez estejam os segredos da sua origem escondidos nos tombos do Convento de Cárquere, fazendo das cavacas um doce conventual, ou talvez a resposta esteja na lenda ainda hoje contada:
Já dizia a minha avó…
Que na Idade Média, uma senhora que residia em Vinhós preparava a boda de casamento da sua filha e confeccionou o bolo de noiva, entretanto o casamento teve de ser adiado devido a uma peste que estava a assolar o concelho e o noivo adoecera…
Esperançada na melhoria do noivo a mãe da noiva guardou o bolo pois das fracas posses económicas da família, não seria possível fazer outro…
Quando tudo parecia perdido … o noivo melhorou, e na tentativa de salvar a boda da filha a senhora apressou-se a retirar a parte de cima do bolo já endurecido e num acto de engenho, cortou às fatias a parte restante e regou-a com uma calda de açúcar na expectativa e receio de que a calda de açúcar restituísse a frescura ao bolo…fazendo as delícias de todos os convidados.
(ver outros eventos apoiados pelo PACA)
(06.Abril.2011)

PACA – PLANO DE AQUISIÇÃO DE COMPETÊNCIAS E ANIMAÇÃO
No âmbito do Plano de Aquisição de Competências e Animação, adiante designado PACA, Componente 2 da medida 3.5 do PRODER previsto no Regulamento de Aplicação aprovado pela portaria n.º 392-A/2008 de 04 de Junho, a Dolmen tem como missão “fomentar a participação da população no desenvolvimento do território de intervenção”.
Neste sentido uma das actividades definidas no PACA para o triénio 2009-2011 consiste na promoção divulgação e dinamização do território, ao abrigo da qual serão desenvolvidas iniciativas de promoção turística integrada do potencial endógeno do Douro-Verde, em estreita articulação com os diversos actores locais, a partir das quais se promova o encontro e o diálogo entre as pessoas, a aproximação entre os sectores, o intercâmbio do saber e a complementaridade entre as competências”.
É neste contexto que surge a ACÇÃO 21 - Desenvolvimento de iniciativas de promoção turística integrada do potencial endógeno do "Douro Verde", no âmbito da qual se promoverão um conjunto de iniciativas que visam a apologia da unicidade na diversidade existente em cada um dos municípios do nosso território de intervenção, em que às particularidades individuais se impõe uma identidade cultural e geográfica comum projectada na denominação – Douro-Verde –
As temáticas seleccionadas estão directamente relacionadas com o potencial existente nesta região, com ênfase para a gastronomia, para o artesanato tão rico e variado e para os vinhos verdes, sendo argumentos inquestionáveis de atracção turística.(ver mais)

A Feira do Fumeiro e do Cozido à Portuguesa é um evento inserido no PACA e acontece em Baião já nos próximos dias 1 a 3 de Abril.
(23.Março.2011)

PROVE | Núcleo de Marco de Canaveses arranca no próximo dia 4 de Março
Dia 04 de Março de 2011, das 17 às 18h30, o Núcleo de Produtores PROVE de Marco de Canaveses vai proceder à primeira entrega de cabazes hortofrutícolas da região.
A partir desta semana a entrega de cabazes será efectuada regularmente às sextas-feiras, no horário referido, na Casa CAERUS (junto aos CTT). No caso de feriados à sexta-feira a entrega será antecipada para o dia anterior.
Os produtores decidiram disponibilizar o cabaz normal com um peso entre 7 e 9 kg ao preço de 9,00€ e um cabaz alternativo, vocacionado para famílias até 3 pessoas, com peso entre 5 a 7 kg ao preço de 6,50€.
Os consumidores interessados em adquirir o cabaz devem efectuar o registo|encomenda em www.prove.com.pt podendo alternativamente utilizar o e-mail encomendas.marco@prove.com.pt ou os telefones 255511278 | 933247625 (Dra. Carla Costa) | 919379597 (Celso Monteiro).
Este núcleo está a ser implementado em articulação com o CAERUS - Projecto Oportunidade.

(28.Fevereiro.2011)

Reconversão de Empreendimentos Turísticos até 31 de Dezembro de 2010
Reconverta os seu empreendimento turístico até 31 de Dezembro de 2010. O processo de reconversão é obrigatório, simples e gratuito e realiza-se em www.turismodeportugal.pt.
Tendo em vista a qualificação da oferta turística nacional, o regime jurídico dos empreendimentos turísticos (aprovado pelo Decreto-Lei n.º 39/2008, de 7 de Março) consagrou um novo sistema de classificação, que assenta não apenas nos requisitos físicos das instalações, mas também na qualidade dos serviços prestados.
Este regime prevê a necessidade de reconversão dos empreendimentos turísticos existentes nas novas categorias até ao dia 31 de Dezembro de 2010.
Todo o processo de reconversão decorre através do portal do Turismo de Portugal SIRJET. A reconversão de empreendimentos turísticos é simples e não acarreta custos para os empresários, estando isentos do pagamento de quaisquer taxas. Veja como submeter o seu pedido de reconversão!
(01.Dezembro.2010)

Modelos das placas identificativas dos empreendimentos turísticos
Foi ontem publicada a Portaria n.º 1173/2010 de 15 de Novembro que regulamenta os modelos das placas identificativas dos empreendimentos turísticos. Fazemos ainda uma repescagem da principal legislação:
-- Portaria n.º 1173/2010 de 15 de Novembro (regulamenta os modelos das placas identificativas dos empreendimentos turísticos)
-- Portaria nº 937 de Agosto de 2008 (aprova o novo regime jurídico da instalação, exploração e funcionamento dos empreendimentos turísticos)
-- Decreto Lei nº39/2008 de Janeiro (consagra o novo regime jurídico da instalação, exploração e funcionamento dos empreendimentos turísticos)
-- Decreto Regulamentar nº5/2007 de 12 de Março (alteração ao Decreto Regulamentar n.º 13/2002, de 12 de Março)
-- Decreto Regulamentar nº 13/2002 de 12 de Março (definição dos requisitos mínimos das instalações e do funcionamento comuns a todos os empreendimentos de turismo no espaço rural e os requisitos específicos de cada uma das suas modalidades de hospedagem)
-- Tipologia dos Empreendimentos Turísticos (esquema com as diferentes tipologias em Empreendimentos Turísticos)
Para mais informação recomendamos uma visita ao repositório de documentos legais que enquadram ou condicionam a actividade turística, na página do Turismo de Portugal.
(16.Novembro.2010)

agroMAQ10 - Salamanca
A Dolmen está a participar de novo na Feira de Salamanca em representação do Douro Verde, entre os dias 08 e 12 de Setembro de 2010. Veja no Youtube a apresentação do nosso espaço, efectuado pela técnica da Dolmen.
(10.Setembro.2010)

Centro de Promoção de Produtos Locais
Acontece hoje a Sessão Oficial de Abertura do Centro de Promoção de Produtos Locais de Baião, com recepção aos convidados pelas 17h, abertura oficial às 17h30 e um Verde de Honra às 18h. Aguardamos a sua visita.
(19.Agosto.2010)

Centro de Promoção de Produtos Locais
A Dolmen acabou de reabrir o Centro de Promoção de Produtos Locais de Baião, agora com um leque mais completo de produtos. Não deixe de nos visitar na Rua de Camões, 294 (no edifício da Cooperativa Agrícola de Baião - GPS : 41º09'39.22"N 8º02'08.05"W) em horário alargado também ao fim de semana. Para mais informações poderá contactar as técnicas responsáveis por este espaço (D. Lina Gomes ou Dra. Daniela Carvalho) pessoalmente ou pelo telefone 255 542 154.
(09.Julho.2010)

Feira Social de Marco de Canaveses
Este ano a Dolmen está presente na Feira Social 2010 a decorrer entre dia 9 e dia 14 de Julho. Esta funciona a partir das 16h00 no fim de semana e começa às 20h00 nos restantes dias. Encerra diariamente às 24h00. Visite-nos junto ao Parque Radical.
(09.Julho.2010)

Semana Verde da Galiza - Silleda
Mais uma vez a Dolmen esteve presente, em representação do Douro Verde, na Semana Verde da Galiza, entre os dias 10 e 13 de Junho de 2010. Em parceria com a DRAPN, a Dolmen esteve lado a lado com o Solar do Alvarinho, o Minho Fumeiro, a Associação de Kiwicultores do Minho e a Associação de Horticultores da Póvoa de Varzim (Horpozim), no pavilhão do Norte de Portugal. Duas técnicas da Dolmen garantiram em permanência a melhor promoção dos produtos deste nosso território através da exposição e degustação dos mesmos.
(19.Junho.2010)

47ª Feira Nacional de Agricultura – Santarém
A 47ª Feira Nacional de Agricultura, 57ªFeira do Ribatejo decorreu de 5 a 13 de Junho de 2010. A Dolmen esteve presente neste evento, em conjunto com as diversas associações congéneres nacionais, congregadas pela Federação Minha Terra. O artesanato e alguns produtos do Douro Verde estiveram em exposição e provas no decorrer da feira.
(13.Junho.2010)

Oficina de mediadores PROVE no território Douro Verde
No dia 28 de Maio, a Dolmen proporcionou aos Mediadores Prove Douro Verde o 3º e último dia desta oficina. Depois de 2 dias em sala os participantes desta acção tiveram a oportunidade de, no terreno, ver o funcionamento de um núcleo de produtores PROVE em acção (Núcleo de Paredes no Vale do Sousa). Ao início da manhã visitou-se a Quinta da Ameixoeira Torta (Vandoma – Paredes). Este produtor contribuí essencialmente com frutas para o cabaz. Da parte da tarde continuou-se no terreno em visita à Exploração Agrícola de Almofe (Vilela – Paredes) que contribui para o cabaz com uma grande quantidade e diversidade dos produtos hortícolas. Já durante a tarde assistiu-se e participou-se na montagem dos cabazes, tendo os mediadores ficado surpreendidos com a quantidade e variedade que o Cabaz Prove comporta.

Fotos Dolmen
(31.Maio.2010)

Oficina de mediadores PROVE no território Douro Verde
Esta sexta-feira a Dolmen proporciona aos futuros Mediadores Prove o 3º e último dia desta oficina. Depois de 2 dias em sala os participantes desta acção têm a oportunidade de, no terreno, ver o funcionamento de um núcleo de produtores PROVE em acção. A visita a dois produtores, a preparação dos cabazes e a respectiva entrega aos consumidores são os ingredientes principais.
Para mais informações sobre o PROVE consulte a ficha informativa ou a página de internet do PROVE.
(26.Maio.2010)

Seminário PROVE no território Douro Verde
Vai realizar-se no próximo dia 06 (Abril.2010) um seminário regional sobre a temática PROVE. O mesmo acontecerá no Auditório Municipal de Baião (ver mapa de localização) e conta com a participação de agentes locais de desenvolvimento bem como com colaboradores regionais e nacionais. Se este tema lhe interessa, consulte o Convite Programa e envie-nos a ficha de inscrição para prove-dolmen@sapo.pt.
(26.Março.2010)

10.Mar.2010 – PROVE no território Douro Verde
A Dolmen apresentou em Dezembro.2009 uma candidatura de Cooperação Inter-territorial, em parceria com outras 7 entidades congéneres nacionais, destinada a implementar a metodologia PROVE no território Douro Verde. O Projecto PROVE pretende criar uma relação de proximidade entre produtor e consumidor através da comercialização directa de produtos agrícolas locais, principalmente horto-frutícolas frescos e da época, produzidos segundo métodos tradicionais e respeitadores do ambiente. Para mais informações sobre o PROVE consulte a ficha informativa.

13.Nov.2009 - ENCONTRO ANUAL DE PARCEIROS: Reflectir/Avaliar a implementação da Estratégia de Desenvolvimento Local
"A importância que a ELD dá às "Paisagens Milenares" do Douro Verde visa desenvolver um conjunto de acções que privilegiem e apontem para a recuperação da memória, para a valorização da memória e, também, para a divulgação da memória e afirmação cultural, contribuindo para uma região amplificada, evidenciando no futuro próximo, a fruição qualificada e o uso regular e sistemático do Património entendido como Paisagem Cultural CONTRIBUINDO PARA O RECONHECIMENTO E CONHECIMENTO DAS IDENTIDADES DO TERRITÓRIO, o objectivo global da ELD". (Lino Tavares Dias/Rolando França Pimenta, in Dossier de Candidatura ao PRODER – SP3)
Este encontro acontecerá no dia 27 de Novembro de 2009, na Casa do Lavrador em Santa Cruz do Douro e destina-se aos parceiros da Dolmen (consulte aqui o programa).

15.Ago.2009 - Publicado o aviso de abertura de candidaturas ao subprograma 3 do PRoDer
Foi a partir desta data colocada em meios de comunicação social de âmbito local, regional e nacional informação sobre os avisos de abertura de candidaturas ao subprograma 3 do PRoDer para o território Douro Verde (veja aqui o anúncio).

07.Ago.2009 - Informação aos potenciais promotores ao PRODER Subprograma 3
De acordo com a vontade da gestora do PRODER, Dra. Gabriela Ventura, é expectável que ainda durante o mês de Agosto seja lançado o Aviso de Abertura de Candidaturas ao Subprograma 3 do PRODER.
Para maior detalhe consulte a notícia na secção do PRODER.

03.Ago.2009 - Paisagens Milenares no Douro Verde
A candidatura do Consórcio liderado pela Dolmen ao PROVERE (Programas de Valorização Económica de Recursos Endógenos) foi aprovada, tendo sido reconhecida como Estratégia de Eficiência Colectiva, no passado dia 29 de Julho de 2009 pelo Sr. Minhistro do Ambiente em Lisboa.
Nesta candidatura prevê-se um investimento total de cerca de 95 milhões de euros e abrange os concelhos de Amarante, Baião, Marco de Canaveses, Cinfães, Celorico de Basto, Penafiel e Resende.
A Estratégia de Eficiência Colectiva foi denominada "Paisagens Milenares no Douro Verde".

16.Jul.2009 - PRODER Subprograma 3 - Abertura de candidaturas pode estar próxima
Está prevista para breve uma reunião entre os vários grupos de acção local e a nova gestora do PRODER, Dra. Gabriela Ventura.
Espera-se que possa haver novidades a curto prazo, pelo que recomendamos que consulte o nosso site na última semana de Julho e durante Agosto.

14.Mai.2009 - Foram hoje publicadas as portarias do subprograma 3 do PRODER
Está assim dado mais um passo para a implementação do PRODER no nosso território.
Para maior detalhe consulte a notícia na secção do PRODER.

20.Out.2008 - PRODER – Subprograma 3 (ABORDAGEM LEADER)
APROVADA A CANDIDATURA DA DOLMEN, CRL
A Estratégia Local de desenvolvimento (ELD) elaborada pela DOLMEN, no âmbito do PRODER (Programa de Desenvolvimento Rural – Eixo 3) foi aprovada pela respectiva Comissão de Avaliação, tendo sido atribuída à Valia Global da Operação 14,78 Pontos, num máximo de 20.
O investimento global previsto na candidatura ronda os 17 milhões de euros sem atribuição de reserva de eficiência, pelo que se prevê o investimento efectivo deverá ultrapassar a barreira dos 20 milhões. As taxas de comparticipação previstas oscilam os 30 e 60%.
Durante o próximo mês de Novembro serão promovidas acções de divulgação por todo o território abrangido.
Rolando Pimenta.
Dolmen.

19.Set.2008 - Há legislação recente sobre os empreendimentos turísticos...
- Resumo da principal legislação:
-- Portaria nº 937 de Agosto de 2008 (aprova o novo regime jurídico da instalação, exploração e funcionamento dos empreendimentos turísticos)
-- Decreto Lei nº39/2008 de Janeiro (consagra o novo regime jurídico da instalação, exploração e funcionamento dos empreendimentos turísticos)
-- Decreto Regulamentar nº5/2007 de 12 de Março (alteração ao Decreto Regulamentar n.º 13/2002, de 12 de Março)
-- Decreto Regulamentar nº 13/2002 de 12 de Março (definição dos requisitos mínimos das instalações e do funcionamento comuns a todos os empreendimentos de turismo no espaço rural e os requisitos específicos de cada uma das suas modalidades de hospedagem)
-- Tipologia dos Empreendimentos Turísticos (esquema com as diferentes tipologias em Empreendimentos Turísticos)
Para mais informação recomendamos uma visita ao repositório de documentos legais que enquadram ou condicionam a actividade turística, na página do Turismo de Portugal.

04.Jul.2008 - Dolmen: Assembleias Gerais e Conselho Geral a 10 de Julho
Estão convocados os cooperadores para as Assembleias Gerais Extraordinarias e Conselho Geral, a realizar no dia 10 de Julho de 2008 a partir das 20h00, nas instalações da Dolmen, sitas na Rua de Camões, Campelo, Baião.

26.Jun.2008 - II Ciclo Serões na Aldeia - 6.º Encontro Temático: “Empreendedorismo, Inovação e Emprego”
Decorreu na passada sexta-feira o penúltimo encontro temático “Empreendedorismo, Inovação e Emprego”, que contou com a presença de cerca de 30 individualidades. (ver mais)

23.Jun.2008 - II Ciclo Serões na Aldeia - 7.º Encontro Temático: "Turismo e Desenvolvimento"
Este tema será debatido no próximo dia 27 de Junho, na Casa de Cochêca (Mesquinhata - Baião) durante o 7.º e último encontro do II Ciclo de Serões na Aldeia. (veja o convite/efectue a inscrição)

16.Jun.2008 - II Ciclo Serões na Aldeia - 6.º Encontro Temático: "Empreendedorismo, Inovação e Emprego"

15.Jun.2008 - II Ciclo Serões na Aldeia - 5.º Encontro Temático: “Promoção, Valorização e Comercialização do Vinho”
Esta sexta-feira decorreu mais um encontro “Serões na Aldeia” organizado pela Dolmen (desta vez em parceria com a Câmara Municipal de Marco de Canaveses) tendo sido dedicado ao vinho e dinamizado pelo Eng. Bianchi de Aguiar. (ver mais)

13.Jun.2008 - Acontece hoje o ante-penúltimo Serão na Aldeia, com início na Igreja de São Nicolau, subordinado ao tema "Promoção, Valorização e Comercialização do Vinho" . Veja também os próximos serões .

06.Jun.2008 - II Ciclo Serões na Aldeia - 5.º Encontro Temático: "Promoção, Valorização e Comercialização do Vinho"

05.Jun.2008 - II Ciclo Serões na Aldeia - 4.º Encontro Temático: “Agricultura e Floresta”
Dando seguimento à iniciativa II Ciclo de Serões na Aldeia, a Dolmen organizou no passado dia 30 o 4.º encontro subordinado ao tema “Agricultura e Floresta”, tendo como cenário Aboadela, em Amarante. Desta feita, o debate foi dinamizado pelo Director Regional Adjunto da DRAP Norte, Dr. António Ramalho e a Dolmen foi também prestigiada com a presença do Secretário de Estado do Desenvolvimento Rural e das Florestas, Dr. Ascenso Simões. (ver mais)

29.Mai.2008 - II Ciclo Serões na Aldeia - 3.º Encontro Temático: “Valorização dos Produtos Locais”
Realizou-se no passado dia 23 de Maio, o 3º Encontro temático subordinado ao tema “Valorização dos Produtos Locais”, inserido no conjunto dos Serões na Aldeia, dinamizado pelo Prof. Universitário Luís Ramos, da UTAD. (ver mais)

26.Mai.2008 - II Ciclo Serões na Aldeia - 4.º Encontro Temático: “Agricultura e Floresta”

18.Mai.2008 - II Ciclo Serões na Aldeia - 3.º Encontro Temático: “Valorização dos Produtos Locais”

12.Mai.2008 - II Ciclo Serões na Aldeia - 2.º Encontro Temático: “Ambiente e Qualidade de Vida”
Nesta última sexta-feira (09 de Maio) a Dolmen concretizou o 2º Serão de Aldeia, desta vez subordinado ao tema “Ambiente e Qualidade de Vida" e dinamizado pelo Exmo. Senhor Director Regional de Agricultura – Arq. Carlos Guerra. (ver mais)

06.Mai.2008 - II Ciclo Serões na Aldeia - 2.º Encontro Temático: “Ambiente e Qualidade de Vida”

06.Mai.2008 - II Ciclo Serões na Aldeia - 1.º Encontro Temático: “Educação, Formação e Cultura”
A Dolmen retomou aquele que foi o Ciclo de Serões na Aldeia, realizando-se na passada sexta-feira, dia 02 de Maio, o 1.º Encontro Temático inserido no II Ciclo dos Serões na Aldeia, subordinado ao tema “EDUCAÇÃO, FORMAÇÃO E CULTURA”. (ver mais)

02.Mai.2008 - ProDeR: Modernização e Capacitação das Empresas - Candidaturas até 25 Julho (www.proder.pt)
24.Abr.2008 - II Ciclo Serões na Aldeia - 1.º Encontro Temático: “Educação, Formação e Cultura”
24.Abr.2008 - II Ciclo de Serões na Aldeia (Temas)
07.Mar.2008 - Nova Legislação TER (DL nº39/2008: Novo Regime TER)
12.Jan.2008 - Tomada de Posse da nova Direcção (Discurso)