A Dolmen é uma entidade formadora certificada pela DGERT (DIRECÇÃO-GERAL DO EMPREGO E DAS RELAÇÕES DE TRABALHO).


REGULAMENTO DA FORMAÇÃO


Conheça as regras de funcionamento da atividade formativa da Dolmen, as práticas e normas de conduta, bem como os direitos e deveres dos intervenientes, de forma a garantir-se um serviço de qualidade e um funcionamento correto de todas as ações de formação.
> Consultar o regulamento interno da formação


OFERTA FORMATIVA




• INFORMAÇÃO E PROMOÇÃO DO DESTINO TURÍSTICO

Com a duração de 50 horas, pretende capacitar os participantes para que prestem informações, aconselhem e promovam o mercado turístico regional (ver mais).


• LEGALIZAÇÃO DE ATIVIDADES PRODUTIVAS DA ÁREA ALIMENTAR

Em 28 horas, pretende capacitar os participantes com a informação sistematizada relativamente à legalização de atividades produtivas da área alimentar e sequente pedido de reconhecimento do estatuto de artesão e de unidade produtiva artesanal (ver mais).


• ORGANIZAÇÃO, GESTÃO E QUALIDADE NAS MICROEMPRESAS

Com a duração de 45 horas, pretende dotar os formandos de conhecimentos básicos nas respetivas áreas de negócio, incidindo nos temas relacionados com gestão, organização e qualidade nas empresas e ainda consciencializar para a necessidade de cumprimento de determinadas regras, designadamente ao nível da segurança e higiene, tendo em vista a prestação de um serviço de qualidade (ver mais).


• PREVENÇÃO E PRIMEIROS SOCORROS - GERIATRIA

Reconhecer e utilizar medidas de prevenção do risco de acidente para a pessoa idosa no domicílio, identificar alguns fatores que contribuem para o isolamento e imobilidade da pessoa idosa, bam como atuar em situações de emergência são os objetivos desta formação com 35 horas (ver mais).


• RESTAURAÇÃO - INFORMAÇÃO TURÍSTICA

Em 36 horas, pretende capacitar os participantes nas áreas do atendimento e acolhimento do cliente, prestar informações de caráter turístico, aplicar técnicas de venda, articular com os diferentes serviços de modo a satisfazer os pedidos dos clientes e gerir reclamações. (ver mais).


• APLICAÇÃO DE PRODUTOS FITOFARMACÊUTICOS

Capacitar, em 35 horas, os participantes para a manipulação e aplicação segura de produtos fitofarmacêuticos, minimizando os riscos para o aplicador, o ambiente, espécies e organismos não visados e o consumidor, de acordo com os princípios da proteção integrada. (ver mais).


MEDIDA CHEQUE – FORMAÇÃO

- Financie a sua Formação -




O Cheque-Formação é uma medida que tem como objetivo “reforçar a qualificação e a empregabilidade”, sendo um apoio financeiro concedido pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) às empresas, aos trabalhadores e aos desempregados que frequentem ações de formação ajustadas às necessidades profissionais e do mercado de emprego.

As entidades empregadoras podem beneficiar diretamente deste Cheque Formação proporcionando aos seus colaboradores formação profissional qualificada e que responda às suas reais necessidades a um custo reduzido.

De acordo com o Código do Trabalho, o não cumprimento das 35 horas de formação por parte da Entidade Empregadora constitui contra ordenação grave, punível com coima que pode ir de 612€ a 9.690€ (Código do trabalho – Artigo 131.º e 554.º).


Obtenha informações sem compromissos!

Apoiamos a elaboração da sua candidatura!

E desenvolvemos formação à sua medida.


Apoio para Entidades Empregadoras e Ativos Empregados
O apoio, a atribuir pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), considera o limite de 50 horas no período de dois anos e um valor hora de 4 euros, num montante máximo de 175 euros, sendo o financiamento de 90% do total da formação feita.

Apoio para Desempregados
Os beneficiários que frequentem a formação, com uma duração máxima de 150 horas em dois anos, têm direito a um apoio financeiro correspondente ao valor total da ação de formação até ao montante de 500 euros. Acresce subsídio de refeição e despesas de transporte, desde que a entidade formadora não atribua estes apoios.


Contacte, para mais informações, a Dolmen através do telefone 255 542 154, através do e-mail dolmen@sapo.pt ou através de contacto direto, preferencialmente nas instalações da Dolmen em Baião, na Rua de Camões, nº. 296.